DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Furacão Katrina eleva o preço da gasolina nos EUA

População teme falta de gasolina devido ao fechamento de refinarias
O preço da gasolina disparou nos Estados Unidos nesta semana depois de a passagem do furacão Katrina ter forçado o fechamento de diversas refinarias de petróleo no Golfo do México.
Segundo a agência de notícias Reuters, o preço médio do galão (3,78 litros) de gasolina atingiu US$ 3.

No entanto, a Reuters diz que em Atlanta, mais perto das regiões mais afetadas pelas enchentes em Louisiana, Mississippi e Alabama, o galão chega a custar US$ 5 nos postos.

De acordo com analistas, há temores de que as refinarias da região ainda levem bastante tempo para voltar a operar em sua capacidade máxima.

Com a redução da produção de gasolina e temendo o desabastecimento, muitas pessoas decidiram estocar combustível, especialmente nas regiões mais próximas aos Estados afetados. A alta procura teria colaborado para fazer o preço subir.

Bush

O presidente George W. Bush pediu aos americanos nesta quinta-feira prudência e economia de gasolina enquanto não houver a normalização da produção.

Ele também prometeu punir companhias de petróleo que tentarem lucrar com a crise aumentando os preços.

Bush declarou que, em conseqüência do fechamentos dessas refinarias, será difícil entregar gasolina a algumas partes do país.

Além da gasolina, haverá também uma queda nos estoques de diesel e combustível de avião.

Reservas

Nesta semana, o governo americano decidiu autorizar o uso das reservas estratégicas de petróleo do país para compensar as perdas na produção causadas pelo furacão Katrina.

O petróleo da reserva estratégica será enviado para as refinarias que normalmente receberiam suprimentos das plataformas marítimas no Golfo do México, que foram fechadas com a passagem do furacão.

Nove grandes refinarias do Golfo permanecem fechadas, de acordo do Departamento de Energia americano.

A liberação das reservas segurou a cotação do barril do petróleo, que fechou nesta quinta-feira cotado a US$ 69,47 no mercado de Nova York, depois de ter atingido o recorde de US$ 70,85 na terça-feira.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153