DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Fotógrafo é condenado por chantagear Cameron Diaz

Um tribunal de Los Angeles, na Califórnia, condenou o fotógrafo John Rutter nesta segunda-feira por chantagear a atriz Cameron Diaz com fotografias dela antes de ficar famosa, com os seios nus.
Rutter, de 42 anos, pode ser sentenciado a seis anos de prisão por exigir que a atriz lhe pagasse US$ 3,5 milhões para que ele não divulgasse as fotos que tirou dela em 1992, quando Diaz tinha 19 anos e ainda era uma modelo desconhecida.

Em depoimento no julgamento que durou duas semanas, Diaz, hoje com 32 anos, disse ao tribunal que Rutter lhe disse que as imagens seriam publicadas em revistas, outdoors e carrocerias de ônibus se ela não as comprasse.

O fotógrafo também foi considerado culpado da acusação de fraude por falsificar a assinatura da atriz num formulário autorizando a publicação das imagens e por perjúrio por ter mentido sobre a veracidade da assinatura.

Rutter foi preso depois do julgamento e a sua sentença deverá ser anunciada numa audiência no dia 15 de setembro.

O correspondente da BBC em Los Angeles, David Willis, informa que a atriz de “As Panteras” e “Quem vai ficar com Mary?” é uma das estrelas de Hollywood pressionando a Justiça a fazer mais para protegê-las de práticas que consideram abusivas como o assédio dos paparazzi.

Está sendo estudada a possibilidade de aplicar a acusação de conspiração contra indivíduos ou agências que surpreendem os artistas com “armadilhas” para tirar fotos.

“Embora eu esperasse que essa situação infeliz nunca tivesse acontecido, eu estou muito grata de que a Justiça tenha sido feita”, diz uma nota publicada pela assistente de Relações Públicas de Diaz.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
226