DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Fortes chuvas e inundações provocam quatro mortes na Suíça

O mau tempo ainda deixa a situação crítica na Suíça, onde, durante à noite, centenas de pessoas tiveram que ser evacuadas devido às enchentes que atingiram as regiões centrais, em razão das chuvas incessantes que caem desde sábado no país.

Houve novas vítimas: uma mulher foi levada pela correnteza do rio Landquart em Graubünden e o corpo de um homem foi encontrado num córrego, nos arredores de Zurique. No domingo, dois bombeiros morreram, no cantão de Lucerna.

Estradas e linhas ferroviárias bloqueadas, alagamentos, vilarejos isolados, linhas telefônicas cortadas, transbordamentos, novos desabrigados, bombeiros, policiais e voluntários mobilizados: o balanço dos danos pode atingir 100 milhões de francos. Segundo as previsões da MéteoSuisse, as chuvas, que já cederam na área central ao norte dos Alpes, deverão diminuir durante o dia também nos cantões orientais.

Alagamentos
Durante a noite, o nível das águas de vários rios e lagos continuou a aumentar e o lago Bienne transbordou, as águas invadiram parte do cais e ameaçam uma escola. A cidade turística de Interlaken também foi tomada pela água e cerca de 150 pessoas tiveram que deixar suas casas.

Muitas escolas permaneceram fechadas. Uma “ponte aérea” com helicópteros foi disponibilizada na região de Berna, onde as cidades de Grondelvald e Lauterbrunnen ficaram completamente isoladas. A situação é particularmente difícil nos cantões de Berna, Schwyz, Unterwalden, mas não foram poupados os de Graubünden e o da Suíça Central. Em Engadin e em Davos, várias casas foram evacuadas.

O rio Aar também alagou os centros históricos das cidades de Thun e Berna. Na capital, mais de duzentos moradores do bairro de Matte tiveram que abandonar suas casas. No cantão de Lucerna, onde a fica a cidade de Reuss, próxima ao lago dos Quatro Cantões, várias ruas ficaram alagadas. Foram evacuadas ao redor de mil pessoas no cantão de Lucerna, e cerca de 600 em Schwyz e Unterwalden.

O tráfego ferroviário ainda está interrompido, especialmente, na linha San Gotthard, que ficará fechada por alguns dias. Confusões ocorreram também em diversas outras linhas importantes e as ferrovias nacionais colocaram à disposição ônibus substitutivos.

Outros países
Segue em estado de alerta a região norte da Croácia, também devido às fortes chuvas ocorridas entre domingo e segunda-feira. Algumas pessoas que residem próximas ao rio Mura, que segue até a fronteira com a Eslovênia, tiveram que ser evacuadas em razão das cheias nunca vistas na região, segundo fontes oficiais.

O mau tempo também castiga a província da Baviera, no sul da Alemanha, que mobilizou bombeiros e voluntários por toda a região. As áreas vizinhas à Áustria também registraram vários desabrigados devido aos violentos temporais, que devem abrandar hoje, prevê a austríaca Meteomedia.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152