DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Flu e Santos ficam no empate na Vila Belmiro

Mesmo com partidas decisivas na próxima quarta-feira, Santos e Fluminense não pouparam garra e disposição e fizeram um bom jogo no empate em 1 a 1 entre as equipes, neste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Deivid abriu o placar para o time paulista, e Tuta, de pênalti, igualou para os cariocas.

Com o resultado, o Fluminense, que na próxima rodada recebe o Internacional no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, chegou aos 14 pontos, e agora ocupa a quarta colocação. Já o Santos, que enfrenta o Fortaleza no Castelão, está com 13, em quinto.

Na quarta-feira, as atenções de ambos os times estarão voltadas para outras competições. Pela Copa do Brasil, o Fluminense joga a primeira partida da final dontra o Paulista, em São Paulo. O Santos, na Vila Belmiro, precisa vencer o Atlético-PR para passar às semifinais da Taça Libertadores, já que no jogo de ida perdeu por 3 a 2.

A partida começou com os times se estudando e com muita marcação no meio-campo. Sem conseguir espaços para criar jogadas, o Santos errava muitos passes. E quem chegou com perigo pela primeira vez foram os visitantes. Tuta, aos 10 minutos, e Juan, aos 17, tiveram boas chances mas chutaram para fora.

O Santos deu o troco com uma jogada mortal. Aos 19, Bóvio deu ótimo passe para Deivid, que chutou cruzado para abrir o placar. Pouco depois, o mesmo atacante recebeu lançamento de Flávio e, de voleio, obrigou Kléber e fazer grande defesa.

Um pouco melhor na partida após o gol, o Santos, que contou com a reestrpeia do meia Giovani, passou a pressionar pela pontas e investir nas subidas de Flávio. Deivid era o destaque e mais uma vez quase marcou, de cabeça, aos 41. A resposta do Fluminense veio quatro minutos depois, depois de Rodrigo Tuií sofrer pênalti e Deivid ser expulso por reclamar do lance. Na cobrança, Tuta empatou chutando à direita de Mauro.

Rodrigo Tiuí é expulso na etapa complementar

As equipes voltaram sem alterações para a segundo tempo e com isso, a partida manteve o mesmo panorama, embora o Santos estivesse com um jogador a menos. Assim como no etapa inicial, o primeiro a ameaçar foram os cariocas. Aos 10 minutos, Luciano Henrique tentou cruzamento da esquerda e acertou o travessão de Kléber.

Fraco tecnicamente, o segundo tempo apresentou poucos lances de categoria. Aos 20, Rodrigo Tiuí levou o segundo cartão amarelo por falta dura em Zé Elias e foi expulso. A torcida santista se animou e o time partiu com tudo para o ataque. Dois minutos depois, Luciano Henrique arriscou de perna esquerda e a bola passou rente ao gol do Fluminense.

Os cariocas chegaram bem e quase viraram o jogo aos 35. Após confusão na área do Santos, Alex acertou a trave de calcanhar. A partir daí, mesmo tocando bem a bola, o Fluminense estranhamente recuou e se mostrou satisfeito com o resultado. O Santos voltou a procurar mais o gol da vitória e quase chegou nos acréscimos da partida em duas oportunidades. Na primeira, Zé Elias chutou em cima de Kleber. Na outra, Élton, da marca do pênalti, finalizou por cima da meta.

Santos 1 x 1 Fluminense

Local: estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos/SP

Árbitro: Evandro Rogério Roman/PR

Auxiliares: Gilson Bento Coutinho e Faustino Vicente Lopes (Ambos do PR)

Cartões amarelos: Halisson (S), Zé Elias (S), Giovanni (S), Mauro (S), Bóvio (S), Tiuí (F), Radamés (F), Igor (F)

Cartões vermelhos: Deivid (S), Tiuí (F)

Gols: Deivid, aos 19min, Tuta, aos 45min do primeiro tempo

Santos: Mauro; Flávio, Ávalos, Halisson e Wendel (Elton); Bóvio, Fabinho (Luciano Henrique), Zé Elias e Giovanni; Deivid e Fabiano (Danilo). Técnico: Gallo

Fluminense: Kléber; Gabriel (Schneider), Zé Carlos, Igor e Juan; Marcão, Radamés, Fernando (Alex) e Juninho (Maicon); Tuta e Rodrigo Tiuí. Técnico: Abel Braga

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196