DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Flamengo e Fluminense empatam sem gols em Volta Redonda

Flamengo e Fluminense fizeram um clássico agitado neste domingo, com direito a susto, confusão, bolas na trave e expulsão. Só o gol resolveu não aparecer no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no empate em 0 a 0 válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Fluminense assumiu temporariamente a liderança isolada, com 13 pontos. O Flamengo, com oito, ocupa posição intermediária na tabela.

O Fluminense volta a campo no dia 12, às 16h, contra o Santos na Vila Belmiro. O Flamengo joga no mesmo dia e horário contra o Corinthians, no Pacaembu.

Como havia deixado transparecer durante a semana, o técnico Abel Braga escalou um time misto no clássico, poupando os laterais Gabriel e Juan. Juninho, suspenso, Preto Casagrande, lesionado, e Arouca, servindo à seleção sub-20, completaram a lista de ausentes pelo lado tricolor. O atacante Leandro foi escalado, deixou o jogo no começo do segundo tempo com dores musculares e preocupa para a partida de quarta-feira, contra o Ceará, pela Copa do Brasil.

Ignorando os problemas do adversário, o Flamengo entrou em campo com força máxima e foi logo pressionando. Aos quatro minutos, Jean acertou voleio dentro da pequena área, mas a chute saiu muito alto. Aos 13, a zaga do Flu falhou e a bola sobrou para Rodrigo, que concluiu no meio do gol, para defesa de Kleber.
Três minutos depois, o susto. Jean caiu em campo desacordado, sozinho, sem sofrer choque algum. A ambulância entrou em campo, assim como dezenas de repórteres, e a partida ficou paralisada por dez minutos enquanto o jogador era atendido. Após recobrar os sentidos, Jean pediu para retornar à partida, com a concordância do médico do Flamengo, Válter Martins. A atitude revoltou os jogadores das duas equipes, que pediram para que o atacante não voltasse ao jogo. Ainda na beira do gramado, Jean voltou a desmaiar, sendo levado insconsciente para o vestiário.

O meia Caio entrou em seu lugar. No vestiário, Jean recobrou os sentidos e foi levado a um hospital de Volta Redonda, onde nada mais grave foi constatado. A suspeita inicial dos médicos rubro-negros é que o jogador tenha passado mal por causa de uma hipoglicemia (falta de açúcar no sangue).

Após o reinício da partida, o Fluminense pareceu mais disposto. Lino quase marcou em cobrança de falta, aos 36, e em chance de dentro da área, aos 50. No último lance do primeiro tempo, Renato puxou contra-ataque para o Flamengo e bateu rasante de fora da área. A bola passou raspando a trave esquerda de Kleber.

Flu perde Leandro e Henrique é expulso

O Flamengo voltou do intervalo com uma alteração: Caio, que havia entrado no lugar de Jean, saiu para a entrada de Bruno Mezenga. O Fluminense perdeu Leandro, com dores musculares, logo aos dois minutos. Rodrigo Tiuí entrou em seu lugar. A partida recomeçou acelerada. Kleber saiu em falso aos seis minutos e o Flamengo não aproveitou. No contra-ataque, o Flu entrou na área trocando passes e o chute de Schneider saiu travado.
O clima esquentou aos 16 minutos. A partida parou para André Santos ser atendido. No reinício, o Flamengo esperava que o Fluminense devolvesse a posse de bola, mas Radamés armou contra-ataque que quase terminou com o gol de Rodrigo Tiuí. Os jogadores rubro-negros ficaram revoltados e a confusão foi generalizada.

O árbitro Djalma Beltrami não deu cartão para ninguém durante a confusão, mas, aos 33, Henrique foi para o chuveiro mais cedo. O zagueiro rubro-negro, que já tinha cartão amarelo, empurrou Radamés e levou o vermelho. Mesmo com um homem a menos, o Flamengo ainda acertou sua segunda bola na trave, em um chutaço de fora da área de Obina – mais cedo, Renato havia acertado o travessão após um cruzamento desviado.

Os minutos finais foram emocionantes. Aos 44, o Flamengo puxou contra-ataque com três jogadores contra um do Fluminense. China acionou Renato, que chutou na rede pelo lado de fora. No minuto seguinte, Schneider, sozinho contra Diego, não conseguiu dominar a bola e perdeu a última chance de tirar o zero do placar em Volta Redonda.

Flamengo 0 x 0 Fluminense

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda

Árbitro: Djalma Beltrami Teixeira (RJ), auxiliado por Carlos Henrique Lima (RJ) e Aristeu Tavares (RJ)

Cartões amarelos: Obina, Leandro, Júnior Baiano, Henrique, Da Silva, Radamés, Rodrigo e Antônio Carlos

Cartão vermelho: Henrique

Flamengo: Diego; Henrique, Júnior Baiano e Rodrigo; Leonardo (China), Da Silva, Jônatas, Renato e André Santos; Jean (Caio) (Bruno Mezenga) e Obina. Técnico: Celso Roth

Fluminense: Kleber; Schneider, Antônio Carlos, Fabiano Eller e Lino; Marcão, Radamés, Fernando (Juan) e Maicon (Léo Guerra); Leandro (Rodrigo Tiuí) e Tuta. Técnico: Abel

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223