DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Fittipaldi, Prost e outros ex-pilotos da F-1 vão disputar prova de masters

Uma corrida para pilotos veteranos reunirá no dia 13 de novembro, em Kyalami, África do Sul, ex-campeões mundiais e outros astros aposentados da F-1. A prova fará parte de uma nova categoria, apenas para corredores acima dos 45 anos, lançada nesta quinta-feira. O brasileiro Emerson Fittipaldi, bicampeão da principal categoria do automobilismo em 1972 e 74, o francês Alain Prost, tetracampeão em 1985, 86, 89 e 93, e o sul-africano Alan Jones, vencedor em 1980, já confirmaram presença, assim como os italianos Ricardo Patrese e Andrea de Ceasaris, o sueco Stefan Johansson e o francês Rene Arnoux. A organização do evento está negociando também com o inglês Nigel Mansell, campeão da F-1 em 1992.

Os organizadores pretendem alinhar no grid 16 pilotos, com carros idênticos, capazes de alcançar até 321 km/h. Para Fittipaldi, a igualdade de condições entre os competidores e o uso limitado de tecnologia tornará a corrida excitante tanto para os pilotos quanto para o público.

– Reunir campeões e grandes pilotos do passado numa corrida com carros muito potentes e ajuda tecnológica mínima será muito divertido – afirmou Fittipaldi, de 58 anos, que foi campeão também da antiga Fórmula Indy nos Estados Unidos, além de ter vencido duas vezes as 500 milhas de Indianápolis.

Na opinião de Alan Jones, a inatividade deixa os ex-pilotos ainda mais ansiosos para mostrar serviço no retorno às pistas.

– Alguns de nós não corremos há quase 25 anos, mas quando você está atrás de um volante de um carro de corrida, você não quer nada que não seja a vitória. Todos nós temos egos e nos achamos melhores que os outros. Quando as luz vermelha apagar em Kyalami, daqui a dez semanas, o desejo e o compromisso (com a vitória) será absoluto – afirmou o sul-africano.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152