DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Fim de ano com orçamento é outra coisa!

As festas de fim de ano chegaram e com elas toda a alegria, diversão, família e estresse natural que sempre ocorre nesta temporada. Com as festas também vem a tendência de se gastar demais. Estamos falando de todos os eventos, presentes e aquela viagem de fim de ano que a gente adora fazer com a nossa família!!!
Se você está com orçamento limitado ou tentando reduzir, ainda é possível ter um fim de ano recheado de festas divertidas e significativas sem entrar em falência.

Aqui estão algumas dicas para você começar:
1. Criar um orçamento de Festas de Fim de Ano
A primeira coisa a fazer quando for começar este planejamento é decidir o quanto você realmente pode gastar. Os especialistas concordam que seu orçamento total de festas (incluindo entretenimento e viagem) não deve exceder 1,5% do seu salário total. Presta atenção minha gente!

2. Dominar a regra do “10-Second”
Sempre que você estiver em uma loja e você pegar um item, “segure-o por dez segundos”, escreve o fundador do The Simple Dollar Trent Hamm, em seu livro “365 maneiras de viver barato”. Então, pergunte-se se você realmente precisa disso e também se esse dinheiro não pode ser usado melhor em outro lugar. Você quase sempre se encontrará colocando esse item desnecessário de volta na prateleira e se afastando. Juro! Eu já fiz e dá certo mesmo!!!
É fácil pensar que compras pequenas e relativamente baratas não vão ocasionar nenhum problema, mas acredite: um monte de poucas compras pode aumentar ao longo da temporada e realmente danificar o seu orçamento.

3. Cooperar e colaborar… tudo junto e misturado!
Adora se divertir? Gosta de receber? Mas preocupado que seu orçamento possa ser muito apertado para oferecer uma festa bem-sucedida? Não se desespere, colabore. Fale com amigos e familiares e veja se existe uma maneira de compartilhar as despesas e a diversão. Hoje em dia as festividades em que cada um traz um prato é muito comum e acaba sendo uma ótima oportunidade pra todo mundo provar o tempero utilizado pelo outro, enquanto o bolso não vai sofrer com isso…

4. Já ouviu falar do termo “Staycation”?
Não pode pagar uma viagem cara para fora da cidade? Tente criar uma série de mini experiências onde você mora. Vá acampar, passe o fim de semana em um hotel perto da praia…. Você pode ter muita diversão familiar sem gastar muito dinheiro. “Staycation” é quando você tem suas férias sem sair necessariamente de sua cidade…

5. Voluntariado
Nada nos faz apreciar mais o que temos do que ajudar aos outros. Encontre uma instituição de caridade local e ofereça-se como voluntário. É grátis e pode ajudar sua família a apreciar o que é realmente importante nesta época do ano.
Queria aproveitar esta edição para desejar a todos os meus leitores um Natal de muita Luz, Amor e boas surpresas! Que o espírito Natalino entre em suas casas e faça vivo o espírito de Luz!
Uma ótima semana a todos!

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,,,

Claudia Fehribach
Claudia Fehribach
Carioca, formada em Artes pela Universidade do Rio de Janeiro. Conselheira financeira especialista em orçamento, aconselhamento de crédito pessoal e hipotecas reversas. Atua na empresa DebtHelper.com. Envie sua dúvida por email.
153