DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Famílias de vítimas do vôo 1907 têm audiência nos EUA

O advogados de um grupo de parentes de vítimas do acidente com o Boeing da Gol participam hoje da primeira audiência contra a ExcelAire, dona do jato Legacy que se chocou contra a aeronave, matando 154 pessoas, em setembro.

A ação indenizatória é movida pelo escritório americano Lieff Cabraser Heimann & Bernstein, representando dez famílias de vítimas da tragédia. O escritório é de sócios do advogado carioca Leonardo Amarante.

A ação foi movida na corte do Brooklin, em Nova York, Estados Unidos, pois é lá que os pilotos do Legacy Jan Paladino e Joe Lepore residem.

Relatório preliminar da comissão que investiga o acidente aponta que o transponder, equipamento que sinaliza rotas de colisão entre as aeronaves, estava desligado no momento do acidente. Ainda não se sabe se os pilotos teriam desligado o equipamento ou se ele teria apresentado falhas no funcionamento.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
244