DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Executado homem acusado de matar mulher e enteadas

Um homem que matou a sua mulher e duas enteadas há 10 anos foi executado na quarta-feira (8) no Texas, apesar de até o último momento insistir na sua inocência.

James Jackson, de 47 anos, recebeu uma injeção letal no presídio de Huntsville, depois de suas advogadas esgotarem todos os recursos de apelação.

“Estou pronto. É hora de começar a festa. Podem me matar”, disse, antes de receber a injeção, que causou a sua morte oito minutos depois.

Jackson é o quarto assassino executado este ano no Texas. Ele foi declarado culpado de estrangular a mulher, Sharon Jackson, e as filhas dela, Sonceria Mayes, de 19 anos, e Ericka, de 18. Ele estava em liberdade condicional, após cumprir a metade de uma condenação a dez anos de prisão por atacar o pai de uma ex-namorada, em Dallas.

Jackson foi detido no dia seguinte aos assassinatos. Entre seus pertences a Polícia encontrou uma nota na qual ele lamentava não ter trabalho e não poder cuidar das enteadas.

“Eu as devolvi a Deus. Ele e elas compreenderão”, dizia a nota, segundo afirmaram os promotores durante o julgamento. No entanto, o réu insistiu que o texto era parte de seus estudos bíblicos.

“Quem for cristão compreenderá. Tiraram uma conclusão fora de contexto”, afirmou, quando esperava a execução.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164