DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Ex-miss dançava em boate de streap tease em Londres

A ex-miss Brasil Taiza Thomsen Severina foi localizada em Londres, de acordo com a Polícia Federal de Joinville (SC). Segundo o delegado da PF que investiga o caso, Marcos David Salem, Taiza entrou em contato de forma espontânea, informando que está bem e que não desejava ser encontrada, nem mesmo por seus pais.

Segundo Salem foi comprovado, inclusive pelos pais da ex-miss, que a pessoa que entrou em contato foi a própria Taiza. Após dez dias de investigações, ficou confirmado que a jovem viajou espontanemante para Londres e que, “segundo seu relato, ali permanece, não desejando ser incomodada por ninguém, não demonstrando estar coagida, sendo um direito seu manter-se isolada”.

Carlos Mellinger, presidente da ONG Associação Brasileira no Reino Unido (Abras), afirmou que Taiza foi vista em Londres em 23 de janeiro. Uma pessoa ligou para a entidade contando que “Taiza estaria muito bem vestida, aparentando boa saúde e não estava nervosa”.

Mellinger afirmou que o local onde Taiza teria sido vista não é um estabelecimento ligado à indústria do sexo. Nesta segunda, o dono de um clube de strip-tease londrino afirmou à BBC Brasil ter contatado a polícia, dizendo que Taiza trabalhou como dançarina em sua boate por cerca de dois meses no ano passado.

Taiza ficou em segundo lugar no concurso Miss Brasil 2002, mas ganhou o título após a vencedora, Joseane Oliveira, admitir que era casada, o que é proibido pelo regulamento da competição. No dia 25 de janeiro deste ano, a família da ex-miss anunciou que ela estava desaparecida.

A ONG Abras (Associação Brasileira no Reino Unido) confirmou ontem que a Miss Brasil 2002, Taiza Thomsen, 24, está viva e em Londres. A constatação foi feita após a ONG receber ligação de uma pessoa que disse ter visto Taiza na cidade em 23 de janeiro. O contato foi feito após a associação distribuir centenas de cartazes com a foto da modelo pela capital inglesa.

O presidente da ONG, Carlos Mellinger, disse que Taiza foi vista “bem de saúde, bem alimentada, bem vestida, sem sinais de medo ou preocupação e sozinha”. Segundo ele, a pessoa relatou o fato à ONG no último dia 3. “A identificação é 100% de certeza, porque a Taiza é muito bonita e chama a atenção”.

A polícia inglesa trabalha com duas hipóteses: a modelo não quer ser encontrada ou está sendo coagida. Ainda ontem, Tony Curran, dono da Sunset Strip, uma famosa boate de striptease em Londres, afirmou à reportagem que Taiza trabalhou no local, mas apenas dançando, sem atender às mesas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152