DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

EUA liberam arquivos militares de Elvis Presley e Steve McQueen

O recruta Steve McQueen foi preso por faltar e o recruta Elvis Presley era uma dor de cabeça para as relações públicas do Exército, de acordo com documentos militares dos Estados Unidos levados a público na quinta-feira.

“Elvis Presley não será liberado de modo diferente de qualquer outro alistado servindo no exterior”, escreveu o general-assistente do Exército a cidadãos que reclamavam das notícias de que o ícone do rock obteria uma dispensa por “bom comportamento”.

Quando ele entrou no Exército em Memphis, Tennessee, em 24 de março de 1958, houve um clamor público dos fãs contra o alistamento. Os protestos seguiram para Washington e incluíam um pedido escrito a mão feito pela Administração Nacional de Gravações e Arquivos.

“Querida Mamie”, escreveu um dos missivistas à então primeira-dama Mamie Eisenhower. “A senhora, por favor, seria tão doce e gentil de pedir a Ike (o presidente Dwight Eisenhower) para por favor trazer Elvis Presley para nós de volta do Exército? Precisamos dele no nosso mundo do entretenimento para nos fazer sorrir.”

O memorando do Exército de 1959 expôs o problema: “Quando o recruta Presley foi convocado pela primeira vez, houve uma reação pública adversa considerável…alegando que ele receberia tratamento preferencial no Exército. Essa impressão foi amplamente substituída pela impressão pública de um bom soldado cumprindo sua obrigação militar…Muitos adolescentes que admiram o recruta Presley vão…seguir o exemplo dele no desempenho do serviço militar deles.”

McQueen, que interpretou um prisioneiro de guerra no filme “Fugindo do Inferno”, foi detido por 30 dias e multado em 90 dólares por faltar sem deixar o campo Lejeune, na Carolina do Norte.

McQueen entrou na Marinha com 17 anos e trabalhou como motorista de tanque e mecânico. Ele recebeu elogios por resgatar cinco marines em um acidente durante um treinamento.

Clark Gable, estrela de “E o Vento Levou”, se alistou em 12 de agosto de 1942, seis meses depois de sua mulher, a atriz Carole Lombard, ter morrido em um acidente de avião em meio à guerra. Ele foi descrito como “especialista em filmes de cinema” e seu salário semanal foi registrado como 7,5 mil dólares.

O cinegrafista Andrew McIntyre se alistou com Gable e treinou com ele, indicaram os documentos.

“A fim de ter algo definitivo para descrever e uma prova tangível de suas experiências, foi proposto que seja recrutado seu cinegrafista para que seja treinado como um atirador aéreo que também possa fazer imagens de Gable em várias operações”, disse um memorando do Exército.

Também foram liberadas as fichas militares de Humphrey Bogart, John F. Kennedy, Jack Kerouac e Charles Lindbergh.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
200