DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

EUA lança mísseis contra a Síria em resposta a ataque com armas químicas

Foto: Robert S. Price / AP

Cerca de 70 mísseis foram dirigidos à base militar síria, pelos EUA, em resposta ao ataque com armas químicas. A repercussão internacional foi imediata: o Reino Unido anunciou apoio à decisão da Administração Trump. Já a Rússia classificou ação como “agressão a um membro da ONU”.

A bateria de mísseis Tomahawk foi lançada na noite da última quinta-feira, 6, como ataque ao regime de Bashar al-Assad, na Síria. A incursão militar é a primeira do país, com aval do presidente Donald Trump, e utilizou a potência de dois destroyers: o USS Ross e o USS Porter.

Trump deve realizar um novo pronunciamento após o final da ação na Síria — e o recebimento de um briefing de James Mattis, secretário de Defesa. A CNBC comentou que as autoridades norte-americanas alertaram a Rússia sobre o ataque.

O alvo dos Estados Unidos foi Ash Sha’irat, na província de Homs. Segundo a Inteligência americana, o ataque químico da última quarta-feira, 5, partiu deste local. Os mísseis norte-americanos atingiram aeronaves, depósitos de combustíveis e a pista da base militar.

Diferente dos ataques químicos realizados pelo regime de Bashar al-Assad, que atingiram civis, o ataque norte-americano foi calculado para não atingir a população, segundo a Reuters.

Um canal televisivo da Síria está noticiando os ataques e afirmou que “a agressão americana atingiu alvos militares sírios”. Entretanto, há notícias da morte de pelo menos 5 civis até agora.

Discurso de Trump sobre a ação militar

O presidente Donald Trump fez um discurso explicando o ataque ao regime sírio. Leia a íntegra da tradução:

“Meus compatriotas americanos. Na terça-feira, o ditador sírio Bashar al-Assad lançou um terrível ataque com armas químicas contra civis inocentes usando um agente nervoso mortal.

Assad sufocou a vida de homens, mulheres e crianças inocentes. Foi uma morte lenta e brutal para muitos. Até mesmo lindos bebês foram cruelmente assassinados neste ataque tão bárbaro. Nenhum filho de Deus deve sofrer tal horror. Hoje à noite eu pedi um ataque militar direcionado numa base aérea na Síria, de onde o ataque químico foi lançado.

É neste vital interesse de segurança nacional dos Estados Unidos prevenir e dissuadir a propagação e o uso de armas químicas mortais. Não pode se disputar que a Síria usou armas químicas proibidas, violou suas obrigações sob a convenção de armas químicas e ignorou a insistência do Conselho de Segurança da ONU.

Anos de tentativas anteriores de mudar o comportamento de Assad falharam, e falharam de forma muito dramática. Como resultado, a crise de refugiados continua a se aprofundar e a região continua a desestabilizar, ameaçando os Estados Unidos e seus aliados.

Nesta noite, apelo a todas as nações civilizadas para que se juntem a nós na busca para acabar com o massacre e o derramamento de sangue na Síria, e também para acabar com o terrorismo de todos os tipos e de todos os tipos. Pedimos a sabedoria de Deus quando enfrentamos o desafio de nosso mundo muito perturbado.

Oramos pela vida dos feridos e pelas almas daqueles que se foram. E esperamos que, enquanto os EUA defendem a justiça, a paz e a harmonia prevalecerão. Boa noite e Deus abençoe a América e o mundo inteiro. Obrigado”.

Com informações da Reuters e CNN.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,,,,,

Gazeta News
Gazeta News
241