DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

EUA elevam juros para nível mais alto em 4 anos

O Federal Reserve (o Banco Central americano) anunciou nesta terça-feira um novo aumento de juros nos Estados Unidos, elevando a taxa básica de 3,75% para 4% ao ano.
Com o aumento a taxa ficou no valor mais alto dos últimos quatro anos.

Este foi o 12º aumento consecutivo da taxa de juros americana e, segundo analistas, a preocupação com a inflação que levou a mais um aumento não deve ser completamente dissipada – o que pode significar novas ampliações no futuro.

O Fed começou a subir os juros em junho de 2004.

Tendência

No comunicado, o Fed disse que vai levar sua política monetária com ritmo “calculado”, o que para analistas sugere a intenção de aumentar ainda mais a taxa básica de juros.

O comunicado afirma que apesar do impacto dos recentes furacões, como o Wilma, o Katrina e o Rita, a economia americana continua crescendo, e que por causa do alto custo de energia, é preciso evitar um aumento excessivo de inflação.

Drew Matus, economista do mercado financeiro da corretora Lehman Brothers, disse que a expectativa é de que a taxa aumente ainda mais uma vez antes do fim do ano.

“Esperamos que a taxa de juros do Fed chegue a 4,75%, com aumentos em dezembro, janeiro e março, e com risco de que cheguem até a 5%.”

O Produto Interno Bruto americano e os gastos dos consumidores cresceram nos três meses até 30 de setembro, apesar dos furacões.

O PIB cresceu a uma taxa anual de 3,8% durante o trimestre, e os gastos dos consumidores cresceram 3,9%.

O atual presidente do Banco Central americano, Alan Greenspan, está deixando o cargo em janeiro e será substituído por Ben Bernanke, o atual chefe do Conselho de Assessores Econômicos do presidente George W. Bush.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164