DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

EUA desenvolvem vacina contra malária

Uma equipe de pesquisadores norte-americanos desenvolveu uma vacina experimental que neutraliza o parasita responsável pela forma mais grave da malária.

Cientistas do Instituto Nacional da Saúde dos EUA identifica-ram uma proteína presente no parasita, que vive no intestino dos mosquitos, e modificaram-na com a ajuda de outras proteínas.
Quando injectada de novo num rato, esta proteína alterada criou anticorpos resistentes à malária. No entanto, esta vacina não protege a pessoa injectada da malária.
A pessoa vacinada, quando picada, passaria a proteína para o organismo do mosquito. A vacina atacaria assim o parasita, bloqueando o seu desenvolvimento. A transmissão da doença seria então evitada, ainda antes da próxima picada.
A malária afecta 500 milhões de pessoas e mata entre um e três milhões de pessoas por ano, a maioria das quais na África Subsaariana. Só em África, todos os anos morrem mais de um milhão de crianças devido a malária.
A vacina, que ainda só foi testada em ratos, foi divulgada num estudo publicado hoje, 19 de Dezembro, na revista norte-americana “Proceedings of the National Academy of Sciences”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153