DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

EUA, Coreia do Sul e Japão coordenam posições após novo lançamento de mísseis de Pyongyang

Réplicas dos mísseis lançados pela Coreia do Norte podem ser vistos em museu na Coreia do Sul. Foto: AFP

O lançamento de quatro mísseis balísticos realizado pelo exército da Coreia do Norte, nesta segunda-feira, 6, provocou reação imediata nos representantes dos governos de Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão que coordenaram suas posições militares em resposta.

Os quatro projéteis lançados pela Coreia do Norte de sua costa noroeste voaram cerca 1.000 quilômetros em direção ao leste e caíram no Mar do Japão. Três mísseis caíram na Zona Econômica Especial (EEZ) do Japão – espaço que se estende cerca de 370 quilômetros a partir da costa japonesa -, perto do litoral da cidade de Akita.

Por telefone, o responsável do Escritório de Segurança Nacional (NSO) de Seul, Kim Kwan-jin, conversou com o conselheiro nacional de segurança dos EUA, Herbert R. McMaster. Ambos decidiram aumentar a pressão e as sanções sobre Pyongyang.

O ministro das Relações Exteriores sul-coreano, Yun Byung-se, e seu homólogo japonês, Fumio Kishida, também concordaram em reforçar a cooperação entre Seul e Tóquio para frear o que consideram provocações do regime de Kim Jong-un.

A ação da Coreia do Norte aumentou ainda mais a tensão na península. Na semana passada, EUA e Coreia do Sul iniciaram suas manobras militares anuais, as maiores até o momento. Pyongyang considerou um “ensaio” para invadir seu território e prometeu responder – o que fez nesta segunda-feira.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
422