DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Estudo sobre defecação de pingüim ganha prêmio IgNobel

Estudos sobre testículos artificiais para cães, gafanhotos que assistem ao filme Guerra nas Estrelas e sobre as fezes de pingüins foram escolhidos para receber o prêmio IgNobel, uma versão bem humorada do prêmio Nobel.
O prêmio IgNobel é concedido a experiências científicas que “não podem e não devem ser reproduzidas”.

Quatro detentores do prêmio Nobel apresentaram a cerimônia de entrega do IgNobel na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Um estudo intitulado “Pressões Produzidas Quando Pingüins Defecam – Cálculos sobre a Defecação Aviária” recebeu um dos prêmios.

Os autores da pesquisa, Victor Benno Meyer-Rochow, da Universidade Internacional de Bremen, e Jozsef Gal, da Universidade Lorand Eotvos, na Hungria, não conseguiram visto para receber o prêmio por Dinâmica dos Fluidos.

“Esperamos que isto não tenha nada a ver com a natureza explosiva do nosso trabalho”, disse Meyer-Rochow.

O prêmio IgNobel foi criado em 1991 por Marc Abrahams, editor de uma revista científica, para mostrar alguns projetos estranhos realizados por pesquisadores em várias partes do mundo.

Premiados com o IgNobel:

Medicina – Gregg Miller, dos Estados Unidos, por haver inventado Neutículos – testículos de borracha para cães capados, disponíveis em vários tamanhos e graus de consistência. “Considerando que meus pais pensaram que eu era um idiota quando era criança, esta é uma grande honra”, disse Miller.

Paz – Uma equipe britânica por sua pesquisa pioneira sobre a atividade das células do cérebro de gafanhotos enquanto os insetos assistiam a trechos de filmes da série Guerra nas Estrelas.

Física – John Maidstone, da Austrália, por sua participação em uma experiência que começou em 1927 em que uma porção de alcatrão negro é passado por um funil a cada nove anos. Maidstone dividiu o prêmio com uma pessoa já falecida.

Biologia – A Universidade de Adelaide, na Austrália, por catalogar odores peculiares produzidos por 131 espécies diferentes de sapos quando os animais se sentem estressados.

Química – Uma equipe da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, que buscou comprovar se as pessoas podem nadar mais depressa em água ou em melado.

Economia – Um inventor de Massachusetts, nos Estados Unidos, que projetou um despertador que corre e se esconde quando dispara.

Nutrição – Um pesquisador japonês que fotografou e analisou todas as refeições que comeu durante um período de 34 anos.

Literatura – Os vários nigerianos que apresentaram a milhões de usuários de e-mail promessas de ganhar muito dinheiro mediante o envio de uma pequena contribuição pecuniária.

História da Agricultura – Um estudo intitulado “O Significado das Calças Explosivas do Sr. Richard Buckley: Reflexões sobre um Aspecto de Mudança Tecnológica nas Fazendas produtoras de Laticínios da Nova Zelândia entre as Grandes Guerras Mundiais”.

Dinâmica dos Fluidos – “Pressões Produzidas Quando Pingüins Defecam – Cálculos sobre a Defecação Aviária”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152