DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Estudo do IBGE aponta queda na desnutrição infantil.

A desnutrição infantil diminuiu nos últimos 30 anos no país, principalmente entre os menores de cinco anos e nas populações de baixa renda do Norte e Nordeste. Entre 1974 e 1975, 16,6% das crianças brasileiras menores de cinco anos eram desnutridas. Entre 2002 e 2003, esse índice caiu para 4,6%.

A constatação está no estudo sobre altura e nutrição de crianças e adolescentes, divulgado hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento foi baseado nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2002/2003.

Um dos resultados da queda do índice de desnutrição é que os jovens estão mais altos, superando em algumas regiões os padrões internacionais. Por outro lado, os adolescentes estão mais gordos, especialmente os meninos.

Há 30 anos, 3,9% dos garotos e 7,5% das meninas entre 10 e 19 anos estavam com excesso de peso. O percentual subiu para 18% e 15,4%, respectivamente. A desigualdade econômica continua sendo um fator determinante na questão da nutrição e na altura.

O estudo mostra que 22,18% dos meninos de famílias de menor renda têm déficit de altura, enquanto 28,2% dos garotos nascidos em famílias com maiores rendas estão com excesso de peso.

Agência Brasil

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223