DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Estudante lésbica exige $1,3 mlhão de indenização

Uma estudante lésbica da Califórnia, nos Estados Unidos, está processando sua escola e a diretora alegando que foi discriminada. O valor da indenização por danos morais chega a US$ 1.3 milhão.

Charelen Nguon, 18, entrou com a ação no ano passado contra sua diretora, que contou a sua mãe que ela era lésbica. “É um impacto significante na vida de alguém ser punido pelo que você é”, disse o advogado de Nguon, Dan Stormer. “O estigma nunca vai embora.”

Nguon alega que ela foi suspensa mais de uma vez por abraçar e beijar sua namorada na escola, e que a diretora contou a sua mãe que ela era lésbica quando explicou o porquê de ter sido suspensa.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153