DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Esperança no futuro

Hoje com 26 anos, o brasileiro Leandro Guimarães começou a perder a visão aos 10, por causa de uma doença degenerativa para a qual ainda não foi encontrada a cura. Atualmente ele tem apenas 5% de visão, e luta todos os dias para conseguir levar uma vida normal. Aqui, ele completou a High School e, mesmo com as limitações da dificuldade de visão, conseguiu os títulos de Associate em Artes e em Ciências. Faz parte da equipe de natação da Special Olympics, e joga basquete e judô na YMCA, entidade cristão sem fins lucrativos, voltada para o apoio a jovens. Seu sonho agora, é poder entrar no mercado de trabalho, e para isso, pretende fazer faculdade de Ciência da Computação.

Maior do que a barreira da visão, a dificuldade financeira tem sido sua grande inimiga. Um curso de bacharelado nesta área, na Flórida custa em torno de $6 mil por semestre. Atualmente vivendo com uma tia, que é assistente de consultório dentário na Igreja N. Sra. Rainha da Paz, ele não tem recursos para custear os estudos. “Eu não teria nenhuma dificuldade para estudar, como não tive até hoje. Me sinto em condições de trabalhar, mas como estudante internacional, o governo não auxilia muito. Esse curso vai ser um divisor de águas na minha vida”, acredita Leandro.

O instrutor de judô de Leandro, o investidor em Real State aqui e no Brasil, Wilson Roberto Barroso, decidiu abraçar a causa do rapaz e iniciar uma campanha para arrecadar doações. “Se ele conseguir os $6 mil para se inscrever e fazer os primeiros seis meses, então ele poderá conseguir uma bolsa. O fundamental é a continuidade dos estudos dele. A persistência desse rapaz é um exemplo até para nós que somos mais velhos. Essa é a grande motivação para que eu tente ajudá-lo”, afirma Barroso.

Esperançoso, Leandro começa a fazer alguns planos. “Depois de eu conseguir um bacharelado, posso aplicar para o visto de trabalho, e encontrar um emprego, uma carreira. Sem esse curso não tenho como pedir um visto de trabalho , explica. Para ele, entrar em uma faculdade significa a grande esperança de construir um futuro nesta terra.

Quem quiser colaborar com Leandro, pode entrar em contato pelo telefone:
(561) 843 1641.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153