DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Especial Globo Notícias América: mobilização nas redes sociais comove a comunidade brasileira dos EUA

Mila Burns entrevista Viviane Aquino, Keka Mazagão e Camila Santos, idealizadoras do “Máscaras do Cotidiano”. Crédito: Globo/ Divulgação.

Em Julho de 2015, Valéria Falstad recebeu dos médicos a informaçãodequeprecisaria omais rápido possível um doadorde rimque tivesse o seu mesmo tipo sanguíneo. A equipe médica americana projetava uma espera de seis a oito anos por uma doação.Foi entãoquea brasileira resolveu usar a tecnologia como aliada e passou a dividir o seu drama diariamente nas redes sociais, na esperança de encontrar um doador. Os seus posts passaram a ser replicados entre os brasileiros que vivem no país e assim, a corrente deu resultado. Sem nunca ter conhecido Valéria, mas comovida com a sua situação, Daniela Braga resolveu ajudar.

No dia 7 de novembro, pouco mais de dois anos depois de entrar pra fila de espera, Valéria recebeu o rim da Daniela.O ‘Globo Notícia Américas’ deste domingo, dia 24, acompanhao primeiro encontro das duas brasileiras depois do transplante.“Não é uma atitude simples de se tomar. Eu levei alguns dias para fazer o primeiro contato com a Valéria. Conversei com meu marido para saber se ele me daria esse apoio porque tenho dois filhos. Tive que vencer os meus medos,já que uma vez que você se dispõe a tomar uma atitude como essa, você para de pensar em si próprio”, relata Daniela.

O programa deste domingo também vaiaToronto, no Canadá, de onde o colaborador MarzioLorenzodetalha as leis do sistema de ensino do país. A reportagem mostra que muitos imigrantes têm receio de colocar os filhos nas escolas porque não são residentes permanentes ou estão em situação irregular no país. Mas a lei da educação do Canadá é bem clara: qualquer menor de 18 anos pode frequentar uma escola pública, independentementedo status imigratório. A reportagem lembra também que o direito ao estudo faz parte do Estatuto da Criança e do Adolescente do UNICEF, e lembra que a educação não é apenas um direito, mas o caminho para o desenvolvimento do cérebro e para um futuro melhor.

A variação no preço dos remédios para aquelesquenão têm seguro de saúde e as mudanças com a reforma do imposto de renda americano também pautam o noticiário. E dos estúdios da Globo em Nova York, Mila Burns entrevista Viviane Aquino, Keka MazagãoeCamila Santos, idealizadoras do “Máscaras do Cotidiano”, projeto patrocinado pelo Conselho das Artes do Queens, que retrata as mulheres brasileiras que vivem no bairro.

Nos próximos dias, o público que também acompanha o ‘Globo Notícia Américas’ no site e nas redes sociais do canal internacional da Globo poderá assistir a quatro vídeos produzidos pelos colaboradores especialmente para a web, com informações e curiosidades sobre as festas de fim de ano. Eles estarão acompanhados pelas #HistóriasGloboNotíciaAméricas e #especialfimdeano.

O programa vai ao ar neste domingo, dia 24, às 15h30, horário de Nova York.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
153