DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Escola nos EUA troca livros didáticos por laptops

Uma escola no Estado americano do Arizona abandonou os livros didáticos para os alunos e está se baseando apenas em arquivos digitais armazenados em laptops para ensiná-los.
A Empire High School é uma entre várias instituições de ensino que estão tirando as tecnologias de informação da sala de aula e colocando-as nas mochilas dos estudantes.

Estas escolas estão abraçando equipamentos como os iPods e laptops e ensinando os alunos a utilizá-los.

A Empire ainda possui uma biblioteca, mas todo o material didático que chega às mãos dos estudantes o faz pelos computadores.

Ferramentas

Em vez de comprar livros didáticos para os alunos, a escola decidiu utilizar a verba reservada a este fim – US$ 500 (R$ 1,11 mil) por estudante – para provê-los com laptops.

A escola teve porém que acrescentar US$ 100 a US$ 200 por unidade para conseguir adquirir os computadores, disse à BBC Calvin Baker, o superintendente do distrito de Vail, no Arizona, onde fica a escola

Segundo ele, a reação dos professores e alunos tem sido bastante positiva.

“Alguns professores estão usando os livros digitalizados como um recurso, e não como uma ferramenta principal”, disse Baker.

“E muitas de nossas turmas estão usando-os de forma muito intensiva ou utilizando material que é baixado de graça da internet.”

Dever de casa

Ele afirma que uma das vantagens da iniciativa é que os professores têm uma escolha mais ampla de recursos adequados para um determinado tema.

“Quando você está usando um livro didático, é na base do tudo ou nada”, disse Baker.

“O bom da internet é que ela permite aos professores que preparem cada unidade com materiais que eles encontram e acreditam ser absolutamente relevante para um assunto específico.”

Para quem acredita que é perigoso colocar os laptops nas mãos de estudantes, Baker diz que os alunos da escola são autorizados a armazenas música neles, e desta maneira vêem a tecnologia de uma forma diferente.

Ele também brinca que a nova tecnologia deixou mais difícil para muitos alunos darem desculpas por não terem feito o dever de casa.

A história de que o cachorro comeu o caderno não vai colar mais, e nem uma mais atualizada “deu pane no disco rígido”, diz Baker, uma vz que “tudo é continuamente armazenado no nosso servidor”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153