DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Em jogo histórico, Brasil goleia Argentina e vence a Copa das Confederações

Na primeira vez na história em que Brasil e Argentina decidiram uma competição adulta organizada pela Fifa, o time de Carlos Alberto Parreira levou a melhor e goleou a Argentina por 4 a 1, nesta quarta-feira, na cidade de Frankfurt, na final da Copa das Confederações.

Este é o segundo título brasileiro na competição –o outro foi em 1997.

Foi também a primeira vez que o torneio teve uma final envolvendo dois campeões mundiais. O Brasil soma cinco títulos em Copas (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), e a Argentina, dois (1978 e 1986).

A partida serviu ainda como uma espécie de revanche para os brasileiros. Na última vez em que se enfrentaram, a Argentina venceu por 3 a 1, pelas eliminatórias sul-americanas. Foi também uma revanche pelo tropeço no Mundial sub-20: ontem, os argentinos levaram a melhor e estão na final.

A goleada coroou uma ótima atuação dos brasileiros. A defesa, bem protegida por Emerson e Zé Roberto, esteve bem; Cicinho foi eficiente no apoio; Kaká, Robinho e Ronaldinho, em movimentação constante, não deram chances aos marcadores rivais. E Adriano mostrou o oportunismo habitual.

Os primeiros minutos foram de marcação forte, principalmente da Argentina, que tentava evitar que o Brasil chegasse perto de sua área.

Na primeira vez que chegou com perigo, no entanto, o Brasil abriu o placar. Adriano recebeu a bola de Cicinho, se livrou da marcação de um argentino e acertou um chute forte, de fora da área, vencendo o goleiro Lux.

A Argentina nem teve tempo de se arrumar dentro de campo e já levou o segundo gol. Aos 16min, Kaká recebeu a bola na entrada da área argentina e tocou no alto de Lux, que não teve como fazer a defesa.

No resto do primeiro tempo, o Brasil manteve os argentinos sob controle –o goleiro Dida praticamente não trabalhou.

Apesar da boa vantagem, o técnico Carlos Alberto Parreira pediu atenção na volta para a etapa final. “Não podemos bobear. Precisamos entrar com atenção maior para não tomar gols no início”, disse Parreira.

Logo no início da etapa final, aos 2min, o Brasil marcou o terceiro gol, praticamente definindo o jogo. Cicinho fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. Ronaldinho bateu de primeira –a bola passou por baixo das pernas de Lux.

Com a vantagem no placar, o Brasil começou a tocar a bola em busca de espaços para marcar mais gols. Aos 14min, Robinho acertou o travessão de Lux.

Quatro minutos depois, Adriano recebeu cruzamento da direita de Cicinho e marcou de cabeça. Foi seu quinto gol no torneio –acabou como artilheiro isolado da competição. Dois minutos depois, Aimar descontou de cabeça aproveitando um cruzamento da direita.

A partida de hoje foi o quarto jogo entre as duas seleções em solo europeu. Nos confrontos anteriores, o Brasil venceu o rival nas Copas de 1974 (2 a 1) e 1982 (3 a 1), e a Argentina levou a melhor no Mundial de 1990 (1 a 0).

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196