DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Economia norte-americana tem forte desaceleração

A economia norte-america, a maior do mundo, sofreu uma desaceleração no segundo trimestre, causada principalmente pela alta da taxa de juros e o aumento dos custos de energia.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,5% no período em comparação à mesma época de 2005. No primeiro trimestre de 2006, o PIB havia crescido 5,6%.

A queda no crescimento já estava dentro das perspectivas do analistas, mas o nível da desaceleração foi uma surpresa e fez a cotação do dólar cair. As previsões para o crescimento anual dos Estados Unidos já estão sendo revisadas.

“Esses números provavelmente vão servir de base para expectativas de que o crescimento econômico dos Estados Unidos vai diminuir vertiginosamente no segundo semestre e até em 2007”, disse Shaun Osborne, um estrategista da Scotia Capital.

Causas

Um dos principais fatores na desaceleração do crescimento foi a diminuição do consumo no país.

Vários especialistas agora prevêem que o Federal Reserve (Fed), o Banco Central americano, segure a taxa de juros para estimular o consumo, apesar da ameaça inflacionária gerada pela alta nos preços do setor energético.

O Fed aumentou a taxa básica de juros 17 vezes seguidas, acompanhando o crescimento estável da economia, até chegar a 5,25%, o nível mais alto em mais de cinco anos.

“A questão que vinha pairando sobre o mercado financeiro era se o Federal Reserve seguiria a linha das altas de juros. Isso indica que não e explica o motivo. Os gastos do consumidor diminuíram significativamente. Vejo poucas razões para que o Fed mude alguma coisa em Agosto”, diz David Resler, um economista da Nomura Securities.

A previsão do Fed era de que a economia dos Estados Unidos cresceria 3,5% neste ano.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223