DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Dúvidas De Português: Hífen, Verbo e Pronúncias

Hoje, vou responder a algumas dúvidas pontuais sobre regras de nosso querido Português. São mensagens enviadas pelas mídias sociais. Separei algumas das principais e montei o texto de hoje. Espero ser útil.

1. “O time do Corinthians levou dois gols e agora precisa REVERTER o resultado”. Está correta a colocação da palavra reverter?
A palavra reverter, de acordo com o dicionário Michaelis, significa regressar, voltar ao começo, ao ponto de partida. Não é o caso para o time do Corinthians, no exemplo acima. Não há a intenção de voltar ao início do jogo, mas, sim, alterar o placar, alterar o vencedor da partida. Portanto, o correto é inverter, que significa trocar a ordem de colocação, alterar, mudar ou trocar. “O time do Corinthians levou dois gols e agora precisa INVERTER o resultado”. É importante lembrar que, justamente por conta do uso, as palavras reverter e inverter estão adquirindo valor de sinônimos. Porém, na maioria dos dicionários, ainda há uma distinção entre os significados.

2. O correto é FALAR “Roráima ou Roraima”?
Como se trata de uma questão de regionalismo, não há certo ou errado para a pronúncia. Nas regiões sul e sudeste, por exemplo, fala-se Roraima (com a “fechado”). Já no norte brasileiro, eles falam Roráima (com a “aberto”). Também é o caso de Recife. Em São Paulo, falamos Recife (com e “fechado”). Em outras regiões brasileiras, algumas pessoas falam Récife (com a “aberto”). A grafia correta dos estados é Roraima e Recife. Porém, em relação à pronúncia, devemos preservar os traços regionais.

3. No site oficial do Governo do Rio Grande do Sul, apareceu a manchete “Governo INTERMEDIA acordo de cooperação entre Aceguá e cidade palestina”. Está correto?
O verbo intermediar está conjugado de forma equivocada. O correto é INTERMEDEIA.Vale lembrar que o verbo INTERMEDIAR é conjugado como odiar e incendiar, isto é, odeia e incendeia. Então, a forma adequada é “Governo INTERMEDEIA acordo de cooperação entre Aceguá e cidade palestina”

4. “Meu filho chegou em casa à meia noite”. O correto é com ou sem hífen?
Há dois casos para o uso dessa expressão. Veja:
MEIA-NOITE (com hífen) tem o significado de “0h”. Então, no exemplo, o correto é com hífen, ou seja, “meu filho chegou em casa à meia-noite”
MEIA NOITE (sem hífen) também pode ser usado, mas em outro contexto. Você vai usar sem hífen quando quiser mencionar a metade de uma noite. Veja o exemplo: “O funcionário combinou com o gerente para trabalhar a noite inteira, mas não cumpriu e ficou apenas meia noite”
Dúvidas respondidas! Mande sua pergunta. Em breve, faço um novo post com as mensagens que chagaram!

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Rodrigo Maia
Rodrigo Maia
Graduado em Jornalismo, Radialismo e Letras, Rodrigo Maia é especialista em Língua Latina e mestre e doutor em Língua Portuguesa pela PUC-SP. Atua há 16 anos em redações de jornalismo, em grandes emissoras de TV. Atualmente é colunista da Rede Record e biógrafo na Companhia Editora Nacional (IBEP). Há 12 anos, ministra aulas de Língua Portuguesa na PUC-SP, na Faculdade Belas Artes e no Centro Universitário Ítalo-Brasileiro. Como pesquisador, atua no Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa, na USP. Nos Estados Unidos, é membro da American Organization of Teachers of Portuguese. Participe! Mande suas dúvidas para o e-mail rodrigo@gazetanews.com. Quero fazer os textos dessa coluna de acordo com o que os leitores precisam e querem saber. Espero sua mensagem!
226