DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Dólar tem 4ª queda seguida e fecha no menor valor em mais de 3 anos

O dólar cravou a quarta queda seguida em meio à crise política. A moeda norte-americana caiu 0,42% hoje e fechou a R$ 2,357 na venda, menor cotação desde 22 de abril de 2002 (R$ 2,342).

Durante o dia, a divisa chegou a romper a barreira dos R$ 2,35, ao ser negociada a R$ 2,347 na venda, com baixa de 0,84%.

“O dólar continua caindo em virtude do cenário econômico positivo”, disse Júlio César Vogeler, da corretora Didier Levy.

Ele citou o resultado do IGP-M (Índice Geral de Preços ao Mercado), calculado pela Fundação Getúlio Vargas, que apresentou deflação de 0,44% em junho. Em maio, o indicador já tinha mostrado queda média de 0,22% nos preços.

O controle dos preços, segundo analistas, é bem avaliado pelos investidores estrangeiros.

“O front externo está muito bom para o Brasil (…) Continuam entrando recursos de captações e das exportações”, disse.

Com a moeda norte-americana batendo recordes de queda, o mercado volta a especular quando o Banco Central deverá atuar novamente no câmbio. Pela 16ª semana consecutiva a autoridade monetária não realizou o leilão de venda de contratos cambiais (“swap reverso”).

Desde o dia 9 de março o BC não promove esse tipo de operação, que tem o efeito de uma compra de divisas no mercado futuro.

Entretanto, segundo Vogeler, é difícil avaliar até quando o câmbio permanecerá descolado do quadro político, que permanece conturbado por conta das denúncias de corrupção nos Correios e de “mensalão” –suposto esquema de pagamento de mesadas a parlamentares feito pelo PT para conseguir apoio no Congresso.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196