DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Diretor do filme "Whisky", morre aos 32 anos.

O cineasta uruguaio Juan Pablo Rebella, co-diretor, junto com Pablo Stoll, do premiado filme “Whisky”, morreu nesta quarta-feira (5) em Montevidéu, aos 32 anos. De acordo com a imprensa local, ele cometeu suicídio durante a madrugada.

Os noticiários do país informam que ainda não há maiores detalhes da morte, mas nesta quinta-feira foram convocadas a prestar depoimento as pessoas que encontraram o corpo.

Rebella nasceu em 1974, estudou Comunicação Social na Universidad Católica e pouco depois começou a trabalhar com Pablo Stoll, com quem dirigiu “25 Watts” e “Whisky”, considerados pelos críticos como dois dos melhores filmes do cinema uruguaio.

“25 Watts” (2001) é um filme de muito baixo orçamento, rodado em 16mm, que narra um dia na vida de três amigos. Foi considerado melhor filme no Festival de Roterdã, melhor primeiro filme no Festival de Havana e melhor filme latino no Festival de Gramado.

Já “Whisky” (2004) fala sobre o dono de uma fábrica em Montevidéu que simula casamento com funcionária ao receber o irmão, que não vê há duas décadas, para celebração judaica no túmulo da mãe. “Whisky” é a palavra que um dos personagens do filme, um fotógrafo, pede para as pessoas dizerem, para que se apresentem sorrindo nas fotos.

Ganhador de vários prêmios, “Whisky” venceu como melhor filme latino para os júris oficial e popular do Festival de Gramado; rendeu um kikito à atriz Mirella Pascual (Marta); ganhou o prêmio da crítica na mostra Um Certo Olhar, no Festival de Cannes; venceu o Festival de Cinema de Havana e levou o Goya de melhor filme estrangeiro de fala hispânica, entre outros.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
225