DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Cruzando Fronteiras : Agências de turismo servem como fachada para envio de imigrantes ilegais aos EUA.

Cruzando Fronteiras : Agências de turismo servem como fachada para envio de imigrantes ilegais aos EUA.

Por Silvana dos Santos
silvanagazetanews@yahoo.com

Empresas Brasileiras utilizando fachada de agência de turismo , corretoras de seguros e agências de emprego , estão crescendo cada vez mais no Brasil em cidades como Goiânia-GA, Governandor Valadares-MG e São Paulo-SP. Através de um esquema organizado entre agentes do Brasil, México e EUA, as empresas enviam grupos de brasileiros para o México com o objetivo de cruzarem a fronteira para entrar ilegalmente nos Estados Unidos.

As agências preparam os imigrantes para a travessia ,ensinando-os como burlar o sitema americano. Os brasileiros gastam cerca de 15 mil dólares, pagando dez mil para o “agente de viagem”, ou “corretor de seguros”. Alguns imigrantes pagam com suas propriedades, carros e economias que fizeram ao longo dos anos , outros que não tem condições financeiras para efetuar o pagamento do valor total ou 50% do valor cobrado , utilizan fiadores, que as vezes são familiares , como garantia para os “agentes”de que estes irão efetuar o pagamento devido em caso o imigrante nos Estados Unidos não enviar o dinheiro combinado. Alguns brasileiros agem com cautela ao negociar o esquema e deixam uma procuração com um familiar para efetuar o pagamento total ou parcial apenas quando estiverem dentro dos Estados Unidos. Os próprios agentes de turismo ou corretores de seguros como preferem ser chamados , preparam passagens para os brasileiros utilizarem como hálibe de que estarão indo fazer turismo no México para evitarem de pagar taxas absurdas na alfândega do México . Os agentes brasileiros providenciam até mesmo a permissão de entrada nos Estados Unidos , para os ilegais passarem pela fiscalização americana sem problemas e seguirem viagem pela estação de ônibus mais próxima dos postos de fiscalização da imigração. Partindo do Texas para outros estados americanos.

Do Brasil ao México

Saindo do Brasil os brasileiros tomam vôo em direção ao México , todos recebem uma senha , que é o nome da pessoa que estará á espera no aeropoto mexicano para encaminhá-los a um hotel no México. Antes mesmo de sairem do aeroporto oficiais de imigração do México levam os imigrantes para uma sala, onde pedem dinheiro dos imigrantes brasileiros dizendo : “ Deme la plata”.Pois sabem que estes tem intenção de atravessar a fronteira para entrar nos Estados Unidos. Os brasileiros que não são instruídos pelos seus “agentes de turismo” pagam de 300 á 600 dólares para sairem do aeroporto , pois são ameaçados de serem entregues á imigração americana, pelos oficias mexicanos se não forem pagos.

Os brasileiros que estão mais informados á respeito do esquema , conseguem pagar menos. Como Thiago que disse ao official mexicano que estava indo fazer turismo em Cancun e que não tinha muito dinheiro, o mesmo tinha passagens que mostravam que seguia viagem para Cancun no México, sendo assim o official mexicano pediu pelo menos $ 50 dólares, Thiago pagou o valor pedido e seguiu viagem.

A travessia não é feita no mesmo dia que os brasileiros chegam no país mexicano. Eles passsam por mais de 5 penções, para cada local que mudam , são levados por homens diferentes, alguns esperam cerca de 3 dias para chegarem aos Estados Unidos. Alguns imigrantes possuem documentos emitidos pela imigração americana dando permissão para os mesmos entrarem nos Estados Unidos. Este documento é uma carta da imigração que os agentes brasileiros entregam aos imigrantes , instruindo-os a mostrarem a carta quando forem abordados por um official de imigração americano no cruzamento da fronteira. Todo esse processo é ensaiado no Brasil quando os imigrantes compram suas passagens.

Do México aos Estados Unidos

Após uma espera de 3 dias os coiotes mexicanos chegam nas penções que estão lotadas de imigrantes vindo de diversas regiões e enviados por agenciadores diferentes fazendo uma chamada, nesta chamada é usado o nome do agente brasileiro que enviou o imigrante, desta forma reunem grupos que serão encaminhados á frontreira. Ao chegarem na margem do rio, alguns tomam um barco para fazerem o cruzamento, outros nadam ou conseguem atravessar andando dependendo da profundidade do local onde estão atavessando. O rio tem 135 km de extenção tendo diferentes profundidades, e os coiotes mexicanos já sabem disso.

Após cruzarem o rio um carro que já esta á espera do grupo , leva-os para os Estados Unidos sem serem perturbados pela imigraçao americana. Pois em determinados pontos de fiscalização imigratória, os patrulheiros de imigração que já fazem parte do esquema ao pararem o carro dos imigrantes não pedem documentos de identificação para nenhum deles, mas somente a carta de permissão para entrarem nos Estados Unidos. Ao verem brevemente a carta de todos os passageiros, liberam o carro para seguirem viagem. Em alguns pontos de fiscalização os patrulheiros já sabem o horário em que o coiote mexicano irá passar com os imigrantes ,sendo assim nem mesmo verificam documentação, passam livremente entrando nos Estados Unidos.

Imigração de mãos atadas

A fronteira de EUA-México nos anos 1990 gastaram bilhões de dólares com a estratégia de instalar luzes, sensores,rodovias, cercas e agentes para combater a invasão de imigrantes ilegais nos Estados Unidos. Tamanho investimento , não impediu que os imigrantes burlassem os sitema imigratório, e continuassem a adentrar o país ilegalmente. O crescimento massivo de indocumentados entrando nos Estados Unidos , através das falhas no sitema de imigração atingiu índice máximo em 2005.

As estatísticas de aprensões de imgrantes ilegais não-mexicanos ao redor da fronteira México-EUA totalizou 14,935 em 1995 , 28,598 em 2000 , 65,814 em 2004 e nos primeiros oito meses do ano fiscal que inicia-se em primeiro de outubro ,mais de 85,000 imigrantes ilegais foram presos na fronteira.
Dentre esses imigrantes não-mexicanos estão inclusos os brasileiros que tém imigrado para os Estados Unidos utilizando a fronteira do México como “porta dos fundos” para entrar no país americano.
260 brasileiros em média cruzavam a fronteira no ano de 1995, no ano 2000 o número aumentou para 1,241 , em 2005 este número já alcançou uma média de 22,000 imigrantes brasileiros ilegais . Os brasileiros que não passaram pela imigração , não estão incluídos neste número.

Offciais de imigração americana do Rio Valley estão frustrados por não terem espaço suficiente em suas detenções , para abrigar os imigrantes ilegais que chegam em massa a cada mes. Vários imigrantes já sabem dessa deficiência da imigração americana e por isso, assim que atravessam o rio procuram os agentes de imigração requisanto a permissão de entrada nos Estados Unidos, dizendo: “I want my permit ”

As autoridades de Imigração não podem enviar cidadãos não-mexicanos devolta para o México, os cidadãos têm de ser repatriados para seus países de origem, para isso precisam esperar nas detenções a data de sua audiência e deportação. Cerca de 19, 450 camas em detenções estão disponíveis no país sobe o fundos estabelecidos pelo congresso americano. Mesmo que esse numero de camas seja duas vezes maior do que uma década atráz, o número de camas ainda não é suficiente para abrigadar a grande demanda de imigrantes ilegais que chegam todos os meses. As autoridades de imigração usam os espaços para manterem criminosos(terroristas) com recordes de crimes mais sérios do que as pessoas que cruzam a fronteira sem um recorde criminal. Com a deficiência de espaço em detenções de imigração, os oficiais de imigração, são obrigados á liberarem os imigrantes ilegais e darem uma permissão para entrarem no país e comparecerem em corte na data marcada . De 8, 908 solicitações de presença expedidos pela corte de Harlingen no Texas, aos indocumentados não-mexicanos , 8,767 não compareceram á audiência.

A preocupação das autoridades americanas é constante pois este “buraco” na fronteira de México –EUA facilita a entrada , não somente de imigrantes ilegais que buscan melhores oportunidades de emprego ,mas a entrada de imigrantes ilegais terroristas , que são ameaça á segurança nacional.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
197