DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Corte dos EUA condena brasileira por atropelar policial

A brasileira Nilma Gonçalves Figueiredo, 23, foi condenada a seis meses de prisão por ter atropelado um policial na cidade de Peabody (Massachussets). A sentença, anunciada no final de junho, também determina que após o tempo de prisão, ela seja deportada ao Brasil, já que está em condição ilegal nos Estados Unidos.

A condenação de Figueiredo ocorreu em 20 de junho passado, e ela foi sentenciada a quatro meses de prisão por direção perigosa. Mais dois meses foram acrescidos na sentença, porque a ré deu um nome falso à polícia, e dirigia sem habilitação. Figueiredo havia dito à polícia que seu nome era Leila Lopes, e que tinha 17 anos.

A ré entrou nos Estados Unidos, atravessando ilegalmente a fronteira entre o México e o Estado do Texas, segundo o jornal americano “The Daily Item of Lynn”. A acusada estava hospedada em casa de amigos, na cidade de Peabody.

O procurador do distrito de Essex, William J. Melkonian, disse à corte que em 13 de abril passado Figueiredo dirigia um veículo da Honda, modelo Accord, quando atingiu o policial Michael Shea, 39, que ajudava na coordenação do tráfego em uma região da cidade de Peabody, onde uma equipe consertava um cano de gás. Ao ser atingido, foi jogado na calçada, inconsciente.

Shea, que trabalha há 17 anos no Departamento de Polícia de Salem, não voltou mais ao trabalho desde o acidente. Ele ainda sofre de dores de cabeça e tonturas, e teve que fazer um implante de suporte metálico na perna. Segundo laudos médicos, é possível que o policial fique impossibilitado de voltar a assumir seu posto.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196