DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Consulado diz que casal da Renascer terá que responder à Justiça americana

O consulado brasileiro em Miami confirmou nesta quarta-feira (10) que os fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Sônia Haddad Moraes Hernandes e Estevam Hernandes Filho, estão retidos nos Estados Unidos e terão que aguardar uma data para uma audiência com a Justiça americana.

Ambos foram detidos ontem sob a acusação de lavagem de dinheiro e somente foram liberados sob pagamento de fiança de US$ 100 mil –US$ 50 mil cada. Pela legislação americana, o casal vai ter que constituir um advogado com registro local para fazer sua defesa perante o Tribunal de Justiça. Ainda de acordo com o consulado, ainda não há data definida para a audiência de Estevam e Sônia.

O casal havia embarcado para os Estados Unidos na noite desta segunda-feira, em Guarulhos (SP). Sônia e Estevam –que estavam sendo monitorados pelo Ministério Público e pela Polícia Federal– foram presos porque declararam falsamente para a alfândega norte-americana que não carregavam mais de US$ 10 mil cada. Os dois portavam, juntos, US$ 56 mil (em espécie).

A defesa de Estevam e Sônia afirmou que houve somente um “equívoco” na declaração e que o episódio não tem relação com os processos que correm na Justiça contra os fundadores da Renascer.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152