DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Companhias aéreas dos EUA suspendem vôos

O aumento do preço do combustível para aeronaves forçou duas das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos a suspender dezenas de rotas, incluindo destinos na Europa e Ásia.
A American Airlines – a maior empresa aérea do país e a única, atualmente, a registrar lucro – anunciou que vai cancelar 15 vôos domésticos e internacionais (Toronto e Tóquio).

O cancelamento ocorre já nesta próxima semana e deve ser reavaliado apenas no final do mês.

Já a Northwest Airlines, a quarta maior companhia aérea americana, vai suspender os vôos para Londres e Paris.

A empresa calcula gastos de mais de US$ 3 bilhões em combustível neste ano – 50% a mais do que no ano passado.

Falência

O preço atual do combustível para aviões quase dobrou em comparação com a cotação registrada há um ano. Somente em setembro, a alta foi de 39%.

Dan Garton, vice-presidente executivo da American Airlines, destaca que o custo do combustível subiu 91% em relação a setembro de 2004, enquanto o preço do petróleo aumentou 45% no mesmo período.

A indústria aérea americana vem amargando prejuízos desde 2001, ano dos fatídicos ataques de 11 de setembro.

O ano de 2005 não tem sido diferente. Quatro das sete maiores companhias aéreas do país estão agora operando sob ordem judicial de proteção à falência contra os seus credores.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153