DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Companhia de mortgage pede proteção da lei de falências

A New Century Financial Corp tornou-se, na semana passada, a maior empresa na problemática indústria de financiamentos imobiliários subprime (para compradores com problemas de crédito) a apresentar pedido de proteção de falência, diante da crescente inadimplência de seus clientes.

A empresa foi, no ano passado, apontada por especialistas como a segunda maior financiadora de empréstimos subprime, e a maior fonte de tais financiamentos em Massachusetts. A New Century encaminhou à US Bankruptcy Court in Delaware pedido de proteção, com base no chamado Capítulo 11.

De acordo com a lei de falências norte-americana, uma empresa em situação financeira precária pode solicitar um processo que consiste na reorganização de suas finanças, cujo paralelo mais próximo na legislação brasileira seria a concordata, que antecede o pedido de falência, mas não necessariamente leva à ela.

O processo “congela” as dívidas com os credores enquanto a empresa reorganiza suas finanças. Reguladores estaduais já haviam, em meados de março, determinado que a New Century interrompesse todas as operações de empréstimo, ocasião em que a empresa começou a experimentar problemas financeiros, informou David Corney, comissioner de bancos em Massachusetts.

A New Century ofereceu $52 bilhões em financiamentos subprime em todo o país, em 2006.

No início de fevereiro, outra empresa do ramo enfrentou a mesma situação. Foi a Mortgage Lenders Network USA, Inc, que acabou deixando alguns de seus clientes sem concluir a compra de seus imóveis. Desde então, reguladores do setor começaram a monitorar mais de perto outras empresas de financiamento imobiliário.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153