DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Como tratar o melasma?

Share

melasmaNa última edição, tiramos algumas dúvidas sobre essas manchas indesejadas que aparecem na pele, principalmente, das mulheres. Hoje, vamos falar sobre alguns dos tratamentos disponíveis para retirar, por completo, os melasmas do seu rosto. Mas não para por aí, como este assunto rende muitas vertentes e o objetivo é esclarecer todas as questões, teremos, na próxima semana, a terceira, com mais perguntas e respostas. Confira as dicas imperdíveis da dermatologia para ter uma pele livre de manchas.

Tudo sobre melasma
O dermatologista é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar esta condição. Os tratamentos variam, mas sempre compreendem hábitos de proteção contra os raios ultravioleta, a luz visível e o uso de medicamentos tópicos e procedimentos para o clareamento. É importante salientar, entretanto, que o tratamento do melasma sempre prevê um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte.
Existem diversos tratamentos para o melasma, todos com o objetivo de eliminar as manchas do rosto, mas alguns cuidados são essenciais e sem eles dificilmente se alcançará bons resultados:

1 – Evitar se expor ao sol: esse é o principal cuidado no tratamento de melasma. O sol é o principal responsável pelo seu surgimento;

2 – Usar filtro solar adequadamente: para um bom tratamento do melasma, o dermatologista provavelmente vai prescrever um filtro com boa proteção UVB (FPS) e UVA (PPD). Você deve reaplicar várias vezes ao dia. O ideal é a cada 2 ou 3 horas. Os tratamentos para melasma variam, mas é importante que o paciente sempre se proteja contra os raios ultravioleta e a luz visível, além de procedimentos para o clareamento e uso de medicamentos tópicos e/ou orais. O protetor solar deve ter FPS mínimo de 30 e um PPD mínimo de 10;

3 – Tratamento do melasma com cremes clareadores: existem no mercado inúmeros cremes clareadores para o tratamento de melasma. Todos perguntam se é possível “eliminar as manchas de melasma do rosto”. Os cremes auxiliam na remoção das manchas. Os mais utilizados são: cremes à base de Hidroquinona, Ácido Retinóico (Tretinoína), Ácido Glicólico, Ácido Azelaico, Arbutin e várias outras substâncias. Na maioria dos casos, os resultados começam a aparecer com 2 a 3 meses de tratamento.
Os resultados variam de acordo com a pele e, muitas vezes, em cada área de mancha da mesma pessoa, podendo não ser efetivo em todo mundo. Mesmo nos casos que atingem resultados mais rápido, é muito importante manter o tratamento com disciplina para que haja uma estabilização dos melanócitos que produzem melanina na pele. Esse tratamento deverá ser contínuo, de acordo com a indicação do dermatologista.

4 – Peeling no tratamento do melasma: A escolha dos procedimentos para tratar melasma é feita através de uma consulta bem orientada e decidida em acordo, entre o o paciente e o dermatologista. O tratamento com peeling é mais rápido que o uso apenas dos cremes em domicílio, mas deve ser feito com cuidado e por médico experiente. O clareamento das manchas será gradual e, após esse período, deverá manter os cremes clareadores em casa. Você deve entender bem as orientações do seu médico. É bom se atentar para a profundidade do procedimento, sabendo que os peelings mais superficiais são mais seguros que os peelings profundos. O dermatologista poderá dizer qual é a forma mais indicada, caso a caso.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,,,

Priscila Honorato
Priscila Honorato
Pricila Honorato é natural de Brasília, graduada em jornalismo. No Brasil, já foi produtora, repórter e assessora de imprensa. Hoje, atua na área de beleza, como maquiadora profissional e designer de sobrancelha, e se mantém antenada a um estilo de vida saudável.
217