DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Como obter definição muscular?

Uma das coisas mais desejadas ultimamente é a definição muscular. No meu trabalho, 11 entre 10 clientes me dizem que desejam definição muscular. Até alguns anos atrás, eram apenas os homens que desejavam essa definição, mas agora as mulheres também. Não existe nenhum problema, claro, talvez apenas as pessoas precisem ser melhor informadas do que é necessário para ter essa definição muscular tão desejada.

Para começar a explicação, temos que entender como é o músculo. Todos os nossos músculos têm uma forma pré-definida. Isso quer dizer que o bíceps braquial de todas as pessoas tem a mesma forma, apenas tamanhos diferentes. E isso se repete para todos os demais músculos. Mas, então, por que em algumas pessoas ele é tão evidente, ou seja, definido, e não em outras? Não é pelo seu tamanho, e sim pela camada de gordura que existe entre a pele e o músculo. É essa camada de gordura que de certa forma esconde o músculo, ou melhor, o seu contorno.

Se formos observar as pessoas, vamos ver que existem muitas que apresentam definição muscular porque são muito magras. Mesmo que o músculo não seja hipertrofiado, ele irá ficar evidenciado porque a camada de gordura subcutânea é bem fina. Pode não ser o que as pessoas desejam, mas essa pessoa, para obter a tão desejada definição muscular, só irá precisar fazer exercícios com pesos.

Ao passo que, em muitas pessoas que fazem exercícios com peso e têm os músculos mais hipertrofiados, a definição não está presente. Isso porque a camada de gordura subcutânea não é fina o suficiente para evidenciar o contorno dos músculos. Então, o que fazer? O trabalho deverá ser feito com o objetivo de diminuir a gordura subcutânea e aumentar o tamanho dos músculos. Isso pode ser mais ou menos difícil, dependendo de alguns fatores. Sem dúvida, a genética influencia muito, pois isso muda de pessoa para pessoa. A dieta também influencia porque é necessário baixar a porcentagem de gordura corporal para níveis um pouco difíceis de se manter se a pessoa não for determinada e comprometida. Não poderá haver deslizes, fugidinhas e escapadelas com relação ao alimento ingerido. E, claro, tudo feito com acompanhamento.

Unindo todo esse trabalho com relação a alimentação, temos os exercícios. Eles devem ser prescritos com critérios levando em conta a idade, sexo, tempo de treinamento, entre outros fatores. Da mesma forma que a nutrição, os treinos devem ser rigorosos, não necessariamente com relação a dificuldade, mas com relação ao empenho e dedicação. Não seria recomendável falhar no treino, não se dedicar ou treinar menos do que foi prescrito.

Então, ao contrário do que muitas pessoas acreditam quando veem pessoas com músculos definidos, acreditando que apenas a genética favorece ou que “elas têm sorte”, por trás dessa aparência existe muito trabalho e dedicação. Não é impossível, claro, mas não é um trabalho simples que apenas as idas à academia irão solucionar. Bom treino!

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,

Ivani Manzzo
Ivani Manzzo
Dra. Ivani Manzzo é doutora em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP – EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Em 2010 iniciou seus estudos em Life Coach e desde então trabalha ajudando as pessoas a alcançarem seus objetivos.
427