DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Cientistas identificam remédio que não causa efeitos como a quimioterapia

Cientistas dos EUA identificaram um medicamento que freia o fluxo de sangue que alimenta os tumores cancerígenos sem os efeitos da quimioterapia, revelou hoje um relatório da revista “New England Journal of Medicine”.

Os cientistas do Centro Médico Southwestern da Universidade do Texas indicaram que se trata do Avastin, um remédio antiangiogênico fabricado pela farmacêutica Genentech.

O remédio prolongou a vida dos pacientes de câncer de pulmão em pelo menos dois meses mediante sua função antiangiogênica com a qual detém o crescimento do tumor, assinalou o relatório.

O câncer de pulmão é um dos mais fulminantes e os pacientes geralmente morrem cinco meses após confirmado o diagnóstico.

“Esta é uma boa notícia para os pacientes de câncer pulmonar: poderão viver mais tempo e os efeitos secundários do Avastin são diferentes dos da quimioterapia convencional”, disse Joan Schiller, diretora de hematologia do Centro Médico Southwestern em uma declaração.

Acrescentou que além de impedir o fluxo de sangue aos tumores, o remédio também mantém saudáveis os vasos principais e lhes permite propagar da melhor forma os outros remédios na massa tumoral.

“Há vinte anos achávamos que não haveria tratamento para ajudar os pacientes com câncer de pulmão avançado”, assinalou Schiller.

“Agora, encontramos este remédio Avastin que também pode melhorar a sobrevivência ainda mais”, acrescentou.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153