DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Cientistas criam pinturas que mudam de acordo com humor

Cientistas norte-americanos e britânicos criaram pinturas artísticas digitais que se modificam de acordo com o humor das pessoas que as vêem.

A nova técnica reconhece o estado emocional da pessoa que está vendo a pintura e provoca mudanças na obra.

No momento em que o espectador está zangado, a pintura ganha cores escuras e pinceladas fortes. No entanto, se ele estiver contente, o quadro ganha tons vibrantes, com pinceladas leves.

A equipe responsável pelo projeto disse esperar que a tecnologia desenvolvida ofereça uma experiência interativa aos apreciadores de arte.

Uma câmera colocada acima da pintura captura a imagem do rosto do espectador. A expressão facial é analisada por um programa de computador.

O software detecta traços faciais marcantes, como a curvatura da boca, o enrugamento da testa e a amplitude da abertura dos olhos. A partir destes indícios, o programa calcula o estado emocional do espectador.

Em tempo real, a imagem digital se adequa ao humor de quem a vê.

Estados emocionais

O pesquisador John Collomosse, do departamento de Ciência da Computação da Universidade de Bath, na Grã-Bretanha, disse que a equipe de cientistas estudou psicologia da imagem para entender como as variações de expressões faciais deveriam corresponder aos estados emocionais.

O humor do espectador pode alterar a intensidade das pinceladas, a imagem de fundo e as cores do retrato.

“Isso resulta em uma tela digital cujas cores e estilos variam suavemente, produzindo uma experiência nova de interação artística”, disse Collomosse.

Segundo ele, a vontade de fazer o projeto nasceu de uma pesquisa em arte sintetizada com fotos e vídeos.

“Há muitas formas de arte que ainda não chegaram ao grande público, pois ainda são difíceis de se manipular. Há muitos parâmetros que precisam ser estudados.”

“Com nossa obra, o espectador pode usar sua expressão facial para definir os parâmetros. Eu acho que é uma área interessante. A fotografia digital realmente decolou, e há um mercado emergente para ferramentas para manipular imagens digitais.”

A obra dos pesquisadores foi apresentada em uma conferência sobre animação não-realista na cidade de Annecy, na França.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
225