DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

China pede acordo entre EUA e Coreia do Norte para evitar “choque frontal”

Desde sexta-feira, EUA e Coreia do Sul realizam exercícios militares na região. Foto: DN

Única aliada do regime de Pyongyang, a China propôs nesta quarta-feira, 8, um acordo para evitar “um choque frontal” entre as duas Coreias. O gigante asiático sugeriu ao Norte que suspenda suas atividades nucleares, em troca da detenção das manobras militares dos Estados Unidos na Coreia do Sul.

Na última terça-feira, 7, o Conselho de Segurança da ONU condenou os mais recentes lançamentos de mísseis norte-coreanos. Aliás, a entidade classificou a ação como “grave violação” das resoluções do organismo, antes mesmo de celebrar uma reunião em caráter de urgência nesta quarta-feira.

O regime norte-coreano “rejeitou” a condenação da ONU. O país alegou que as manobras militares conjuntas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos estimulam o regime a adotar “medidas mais duras”.

A proposta do chanceler chinês Wang Yi mostra preocupação, sobretudo, com o sistema americano de defesa antimísseis THAAD, que está sendo instalado na Coreia do Sul como escudo de proteção contra a crescente ameaça dos mísseis do Norte.

“As duas partes são como dois trens que aceleram à medida que se aproximam um do outro e nenhum dos dois está disposto a ceder passagem”, afirmou o chanceler chinês que disse ainda que “a questão é: As partes estão realmente dispostas a um choque frontal? Nossa prioridade hoje é parar a luz vermelha e frear os dois trens”.

Com informações da AFP.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
214