DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Caso de Schiavo vai passar por nova revisão em corte americana

O 11º Circuito da Corte de Apelações de Atlanta aprovou nesta quarta-feira uma nova revisão da apelação realizada pelos pais de Terri Schiavo, 41, paciente em estado vegetativo, que teve tubo de alimentação que a mantinha viva retirado por determinação da Justiça americana no último dia 18.

Isso, entretanto, não garante a vida da paciente. Os médicos que acompanham Terri disseram que ela poderá suportar viva, sem alimentação, até a próxima sexta-feira. Segundo os familiares, ela está muito fraca, e há pouco tempo para fazer qualquer intervenção.

Na quarta-feira (23), esse mesmo tribunal negou o pedido por uma autorização especial para reinserção do tubo de alimentação na paciente.

A revisão será realizada –de acordo com o pedido dos pais– por 12 juízes. Os documentos sobre o caso já foram enviados aos responsáveis pelo novo veredicto. Não há previsão de quando o tribunal vai emitir uma resposta.

Há 15 anos, o cérebro de Terri sofreu graves danos porque seu coração parou de bater por alguns minutos –provavelmente devido a uma parada cardíaca causada por deficiência de potássio.

Justiça

A luta da família de Terri contra Michael Schiavo, seu marido e guardião legal, movimentou toda a sociedade americana. Até mesmo o Congresso dos Estados Unidos e o presidente George W. Bush já intercederam na briga judicial.

Michael afirma que a mulher reiterara repetidas vezes –antes de entrar em estado vegetativo– que não gostaria que sua vida fosse mantida artificialmente. Além disso, ele defende a posição dos médicos que atestam que o estado de saúde de Terri –vegetativo persistente– é irreversível. Baseado nisso, ele pediu à Justiça americana pela morte da mulher.

Entretanto, Bob e Mary Schindler –pais da paciente– afirmam que ela teria um estado menos grave de dano cerebral, denominado “estado de consciência mínima”, e defendem sua sobrevivência.

Antes, a família de Terri havia anunciado o fim da disputa judicial sobre a manutenção da vida da paciente. Ao longo dos sete anos de briga, os tribunais americanos sempre decidiram a favor do marido de Terri.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
273