DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Casamento de brasileiros acaba em confusão na Malásia

Um membro de uma das famílias reais da Malásia foi preso após uma briga durante uma festa de casamento de brasileiros em um resort tropical de uma das ilhas do país.
Mais de cem convidados estavam no resort da Ilha de Rawa para celebrar o casamento.

Mas a festa se transformou em confusão após ser invadida por um grupo de penetras locais, liderados supostamente por um membro da família real de Johor.

O Estado malaio de Johor é um dos nove do país a ter sua própria família real.

Segundo as informações locais, diversos turistas estrangeiros que estavam no casamento tiveram que ser levados ao hospital para atendimento.

Dança recusada

Segundo o correspondente da BBC em Kuala Lumpur Jonathan Kent, uma briga começou quando uma convidada se recusou a dançar com um dos penetras, e o membro da família real resolveu expulsar os turistas da ilha.

Um grupo de moradores locais teria retornado depois armado com tacos de golfe e outros objetos.

A polícia confirmou ter prendido quatro pessoas, incluindo um membro da família real.

Esta é o último de uma série de incidentes envolvendo a família real de Johor.

Em 1993, o então sultão do país gerou uma crise constitucional ao atacar um técnico de hóquei sobre grama. O incidente levou o Parlamento da Malásia a suspender as regras tradicionais de imunidade criminal.

O filho do sultão também foi proibido de jogar hóquei por cinco anos após uma comissão ter concluído que ele havia atacado um goleiro rival após perder uma partida.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
165