DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Casa Branca diz que

A Casa Branca insistiu em manter sua estratégia no Iraque, ao afirmar que a única opção dos Estados Unidos nesse país é “lutar contra o inimigo e vencer”. “Isso é exatamente o que vamos fazer e temos uma estratégia para vencer”, afirmou Dan Bartlett, assessor político do presidente George W. Bush, em declarações a várias redes de televisão americanas. “A retirada não é uma opção” porque, entre outras razões, “faria com que nosso país fosse menos seguro”, acrescentou.

O assessor do presidente adere assim à campanha lançada pela Casa Branca para reagir às crescentes críticas e protestos contra a falta de progressos no Iraque e o aumento do número de baixas americanas.

Entre os críticos se incluem algumas personalidades do partido de Bush, o Republicano, como o senador Chuck Hagel, que no fim de semana passado dissera que os EUA não estão ganhando e que esta guerra se parece cada vez mais com a do Vietnã. Bartlett disse que a opinião do senador e veterano da guerra do Vietnã é muito respeitável, mas discorda dela.

Desde a eclosão da guerra, em março de 2003, acrescentou, “houve progressos significativos no Iraque”, como a realização de eleições, a transferência de soberania e o crescimento das forças de segurança iraquianas. Soma-se a isso, segundo ele, a apresentação ontem da minuta da futura Constituição iraquiana encaminhada ao Parlamento “a tempo”, apesar de restarem alguns pontos a resolver.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153