DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Capes inscreve para convênios com universidades dos EUA

Instituições brasileiras de ensino superior interessadas em planos de intercâmbio e cooperação com instituições norte-americanas de graduação podem participar do Programa de Consórcios em Educação Superior entre Brasil e Estados Unidos. As inscrições estão abertas até 30 de abril. As atividades começam no segundo semestre deste ano.

O programa resulta de parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e o fundo norte-americano para melhoria da educação pós-secundária (Fipse). O Capes-Fipse tem o propósito de inserir cursos de graduação das universidades brasileiras no cenário internacional a partir da modernização curricular, do reconhecimento mútuo de créditos e do intercâmbio de professores e alunos.

As universidades devem apresentar à Capes projetos de consórcios institucionais bilaterais em áreas específicas de formação acadêmica. As propostas têm de prever, entre outros pontos, a conjugação dos interesses institucional, regional e nacional, caráter inovador e perspectiva profissional para os estudantes.

Cada instituição pode apresentar uma proposta de projeto até quatro anos, com o envolvimento de pelo menos duas instituições de ensino superior de cada país. A proponente principal, que será a responsável pela coordenação de todo o projeto, deve ser necessariamente uma instituição de ensino superior pública. A associada, pública ou privada, deve ser de outro estado.

Apoio financeiro — O programa prevê apoio financeiro para o intercâmbio de estudantes e para missões de trabalho. O valor mensal das bolsas de graduação é de US$ 750 (cerca de R$ 1,6 mil).

Desde que foi criado, em 2001, o programa já atendeu 51 projetos e distribuiu 901 bolsas. Atualmente, 33 projetos estão em andamento.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
167