DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Camilla não almeja ser rainha, dizem assessores

Diante de uma nova polêmica sobre seu futuro papel, Camilla Parker Bowles, a noiva do herdeiro do trono britânico, afirmou estar feliz pelo fato de que não será chamada de rainha quando o príncipe Charles for coroado rei.

Mas, segundo especialistas, a lei do país teria de ser mudada para impedir que Camilla assuma o título automaticamente assim que Charles suceder no trono sua mãe, a rainha Elizabeth 2a.

Muita confusão cerca o casamento de Charles, previsto para acontecer no próximo mês: o local da celebração foi alterado, especialistas em direito constitucional questionam a legalidade da cerimônia civil e a rainha decidiu não comparecer ao evento.

Agora, a mulher acusada de ter sido o motivo maior do rompimento da união entre Charles e a princesa Diana vê-se envolvida em mais uma dificuldade jurídica.

Ciente dos baixos índices de popularidade de sua namorada, o príncipe descartou a possibilidade de que Camilla torne-se rainha quando ele subir ao trono.

Pesquisas de opinião mostram que os britânicos acabaram aceitando a relação amorosa dele com sua atual noiva, iniciada 35 anos atrás, mas que apenas uma pequena porcentagem deles concorda com a possibilidade de ela se tornar rainha.

Ao anunciar o casamento, Charles disse que sua futura mulher seria chamada de Princesa Consorte quando ele fosse coroado.

Mas o governo britânico, questionado no Parlamento sobre o delicado assunto, disse na segunda-feira que seria necessário reformar as leis do país a fim de que Camilla não receba o título de rainha.

E os problemas não param aí.

A lei também teria de ser alterada em países da Comunidade Britânica, como no Canadá, na Austrália e na Nova Zelândia, que também possuem leis constitucionais referentes à realeza.

Isso poderia acabar por alimentar a resistência aos monarcas da Casa de Windsor nesses países.

O parlamentar Andrew McKinlay, do Partido Trabalhista, disse: “O príncipe Charles não tem sido muito franco com o país. Ele sabe que, segundo uma lei de 1936, a mulher do rei se transforma automaticamente em rainha.”

Um porta-voz do príncipe rebateu: “Nada mudou. O príncipe de Gales e Camilla Parker Bowles estão totalmente felizes com o fato de que ela será conhecida como Princesa Consorte.”

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
213