DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Bush pede que sunitas aprovem Constituição do Iraque

Bush disse que sunitas têm de escolher entre paz e violência
O presidente americano, George W. Bush, fez um apelo à minoria sunita do Iraque para apoiar a Constituição que está sendo elaborada por representantes dos vários grupos étnicos do país.
Bush disse que os sunitas têm de escolher se querem viver em paz ou em violência.

“Nós estamos vendo um grande acontecimento se desdobrar, a redação da Constituição que garante direitos para minorias, direitos das mulheres, liberdade de culto em um país que só conhecia a ditadura”, afirmou o presidente.

O prazo para a entrega de uma proposta para a Constituição do país termina nesta quinta-feira, depois de ser adiado pela segunda vez.

O primeiro-ministro do Iraque, Ibrahim Jaafari, disse confiar que os políticos do país conseguirão chegar a um acordo para a nova Constituição até a quinta-feira.

Sunitas, xiitas e curdos não conseguem chegar a um consenso por causa de divergências em relação a temas como a autonomia dos xiitas e a estrutura de um eventual governo executivo.

Os sunitas alegam que o rascunho da Constituição que vem sendo discutido não representa os seus interesses.

Líderes sunitas, favorecidos no governo de Saddam Hussein, são vistos como fundamentais no controle da insurgência no Iraque.

Bush também voltou a dizer que não vai retirar as tropas do Iraque, como pedem o movimento antiguerra e parte da oposição democrata.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153