DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Bush pede ao Congresso que permita a entrada de mais imigrantes.

Crawford, Texas – Com 6.000 agentes da Guarda Nacional deslocados nos Estados do sudoeste, o presidente George W. Bush disse neste sábado que cumpriu sua promessa de reforçar a segurança nas fronteiras e desafiou o Congresso para que crie uma lei que dê aos boas vindas a mais estrangeiros no país.

Em seu discurso semanal para rádio, o presidente disse que a reforma migratória só pode existir se o reforço da segurança nas fronteiras seja acompanhado com oportunidade para que mais imigrantes entrem legalmente no país.

“Ao aprovar essa reforma migratória de amplo alcance, faremos respeitar nossas leis, permitiremos que nossa economia satisfaça suas necessidade e manteremos os EUA como o que sempre foi: uma porta aberta ao futuro, uma terra prometida, uma nação de Deus”, afirmou Bush neste sábado, que está desde sexta-feira em sua fazenda perto de Crawford, Texas, onde se encontra de férias de 10 dias.

Bush deseja proporcionar mais permissão para trabalhadores temporários aos estrangeiros dispostos a aceitar trabalhos de salários reduzidos, e permitir que os imigrantes ilegais que já trabalham nos EUA durante certo tempo se tornem cidadãos. No entanto, o Congresso ainda vem em grandes debates em torno do tema.

Os conservadores do Partido Republicano de Bush se mantêm firmes contra seus planos, e dizem que o melhor para os EUA seria fortalecer a segurança na fronteira para impedir a entrada de imigrantes ilegais.

“A chegada das unidades da Guarda Nacional permite que a Patrulha da Fronteira coloque mais agentes em posições na linha frontal, e está mão-de-obra está dando resultados”, afirmou Bush durante a entrevista de rádio.

“Com o apoio da Guarda Nacional, os agentes da Patrulha da Fronteira já apreenderam mais de 7.710 quilos de drogas ilegais e detiveram 2.500 imigrantes ilegais desde 15 de junho”, acrescentou.
Bush não mencionou que só aproximadamente a metade dos soldados designados aos quatros Estados fronteiriços com o México estão trabalhando junto na fronteira. Muitos seguem em treinamento, indicou a Guarda Nacional nesta segunda-feira (7).

O presidente ressaltou que “a reforma migratória racional e ampliada deve começar com a segurança na fronteira e temos mais por fazer”. Disse que pediu ao Congresso que financiasse incrementos em números de homens disponíveis e tecnologia, incluindo muros de alto nível tecnológico, câmaras infravermelhas e veículos aéreos não tripulados para evitar o cruzamento de ilegaisl.

Por outro lado, disse também que a reforma migratória também deve incluir outros quatros objetivos:

– Um programa de trabalhadores temporários.

– Mais formas para que os empregadores verifiquem se os trabalhadores se encontram legalmente no país.

– Um série de ações a realizar para que os imigrantes ilegais que já trabalham no país possam obter a cidadania.

– Ferramentas para ajudar os imigrantes a aprender o inglês.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222