DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Bush indica assessor da Casa Branca para o Fed

O economista Ben Bernanke foi indicado pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, para ser o próximo presidente do Fed, o Banco Central do país.
Ele vai suceder Alan Greenspan, que está há quase 18 anos à frente do órgão e cujo mandato termina em 31 de janeiro do ano que vem.

Bernanke tem 51 anos e desde junho é o presidente do Conselho de Assessores Econômicos da Casa Branca.

Ele é um influente defensor da adoção de metas inflacionárias e já foi membro da diretoria do Fed, além de ter lecionado na Universidade de Princeton.

Ao ser indicado, Bernanke disse que pretende seguir a linha do atual titular do Fed.

“Minha prioridade será manter a continuidade das políticas e estratégias estabelecidas durante os anos de Greenspan”, disse ele.

Credibilidade

Os mercados reagiram bem nesta segunda-feira depois que se reforçaram os rumores de que Bernanke iria ser indicado por Bush.

“Ele tem muita credibilidade nos mercados”, disse Robert Macintosh, economista-chefe da Eaton Vance Management.

“Ele é muito respeitado por causa de seu conhecimento e sua experiência no Fed.”

Mas há quem critique a proximidade de Bernanke com a Casa Branca.

“Ele me preocupa à frente do Fed”, disse o economista John Tierney, estrategista do Deutsche Bank.

“Ele está muito ligado ao que Bush quer.”

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153