DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Bush diz que resposta ao desastre ainda é inaceitável

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse que os resultados dos esforços de socorro às áreas afetadas pelo furacão Katrina ainda “não são aceitáveis”. Bush fez o pronunciamento na Casa Branca, momentos antes de embarcar no Air Force One, o avião presidencial americano, para viajar às áreas afetadas. Ele deve fazer um novo pronunciamento em Mobile, Alabama, antes de sobrevoar Biloxi, no Mississippi. De lá, ele deve viajar à Louisiana, para sobrevoar Nova Orleans. A viagem estava esteve marcada para quinta-feira, e não está clara a razão do adiamento.

Autoridades locais reclamaram na quinta-feira e nesta sexta-feira da lentidão na resposta do governo federal ao desastre. Bush, apesar de relatar que milhões de toneladas de comida e água já foram encaminhados, reconheceu que as ações ainda não são suficientes.

– Muitas pessoas estão trabalhando duro para ajudar os afetados, e quero ajudar a essas pessoas pelo esforço delas – disse Bush. – Os resultados não são aceitáveis.

Em Nova Orleans, a polícia diz que não há reforço bastante para enfrentar os saques, grupos armados e franco-atiradores. O Exército deve entrar, e a governadora da Louisiana advertiu que as tropas “sabem atirar para matar”.

O prefeito, que emitiu um “SOS desesperado” na quinta-feira, mostrou-se frustrado hoje e suspendeu todas as entrevistas coletivas “até que os recursos cheguem”. Ele disse que precisa de tropas para segurança e 500 ônibus para tirar as pessoas da cidade.

– Eu continuo ouvindo que estão vindo, estão vindo. Minha resposta para isso é: Cadê? Eles estão dando às pessoas esperanças falsas, estão enrolando e as pessoas estão morrendo.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153