DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Bush declara zona de desastre após tornado em Kansas

O presidente americano George W. Bush declarou neste domingo zona de desastre no sudoeste do Kansas (centro), devastado por um grande tornado, que deixou pelo menos nove mortos e 60 feridos.

Pelo menos seis pessoas morreram na pequena comunidade de Greensburg, Kansas, devastada pelo fenômeno climático, informou o funcionário da prefeitura, Steve Hewitt. Três pessoas morreram próximo a Greensburg, disseram funcionários da prefeitura da cidade.

Cerca de 30 pessoas foram retiradas no sábado dos escombros do hospital Kiowa County Memorial dessa cidade, em apenas um dos edifícios destruídos. “Podemos dizer que a cidade foi apagada da face da Terra”, comentou o senador Pat Roberts, que esteve no local, à rede CNN. “Isto fica cada vez pior”, advertiu.

A declaração de zona de desastre feita pela Casa Branca, permite a concessão de fundos federais para as zonas e pessoas afetadas pelo desastre. “A ajuda permite a obtenção de fundos para alojamento temporário e reparos em residências, créditos de baixo custo para cobrir os estargos nas propriedades ou objetos perdidos que não estavam assegurados, e outros programas para ajudar as pessoas e as empresas a se recuperarem dos efeitos do desastre”, ressaltou o assessor de imprensa da Casa Branca, Tony Snow, em um comunicado.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos advertiu sobre condições adversas para os próximos dias no centro do país. Um alerta de tornado foi lançado para grande parte do país envolvendo sete estados, do norte do Texas a Dakota do Sul.

Os meteorologistas advertiram para “uma situação extremamente perigosa e com risco de morte” no centro do Nebraska.

Andrea Anglin da Cruz Vermelha indicou à CNN que 90% da cidade estava destruída. Um contingente da guarda nacional foi enviado à região para garantir a segurança e os feridos foram levados para diversos hospitais.

O fenômeno meteorológico se formou de maneira inesperada às 22h locais (0h de Brasília).

O serviço nacional de meteorologia informou que a força do tornado oscilou entre F3 (forte) e F4 (muito forte) em uma escala de seis graus. Um tornado de potência F3 é acompanhado por ventos de 252 a 330 km/h. Um tornado classificado como F4 é acompanhado por ventos de 331 a 416 km/h.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
170