DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Brasileiro sofre rejeição de intestino após transplante em Miami

Share

Weverton de Medeiros teve o intestino transplantado em Miami em 2016. Foto: Facebook.

O jovem pernambucano Weverton Fagner Gomes, de 20 anos, que teve o intestino transplantado em Miami há pouco mais de um ano e retornou para o Brasil há dois meses, teve que fazer nova cirurgia para retirada do órgão causada por uma rejeição na quarta-feira, 9, em São Paulo.

O organismo de Weverton apresentou rejeição ao órgão transplantado assim que o jovem retornou ao Brasil, em junho. Ele estava sendo acompanhado em um centro de referência em intestino em Recife, mas seu quadro piorou e foi levado para São Paulo onde está internado desde julho.

Apesar de a cirurgia ter sido considerada de alto risco, segundo o pai de Weverton, foi realizada com sucesso. Em mensagem postada na página da campanha no facebook, Ubiratan Gomes, pai de Weverton, informou sobre a necessidade da cirurgia e o momento de recomeço para a família. “Gente, esta manhã o nosso Weverton foi submetido a uma cirurgia para retirada do órgão transplantado. Devido a complicações da rejeição, o órgão que não estava mais com funcionalidade, foi retirado, o nosso guerreiro nesse momento está de volta à UTI para se recuperar, a situação ainda é muito delicada, mas cremos na sua recuperação para recomeçarmos uma nova luta. Vamos continuar orando para que Deus nos ajude e ajude o nosso Weverton”, escreveu na quarta-feira.

O retorno ao Brasil aconteceu no início de junho, pouco mais de um ano após ter sido submetido ao transplante de intestino no Jackson Memorial Hospital em Miami. Assim como outras crianças brasileiras, Weverton ficou aos cuidados da equipe do médico brasileiro, Dr. Rodrigo Vianna, durante todo o tempo na Flórida e teve boa recuperação pós-transplante enquanto ainda estava nos Estados Unidos.

Em entrevista ao GAZETA quando estava prestes a retornar, Weverton se mostrou muito feliz por ter a saúde em boas condições novamente e estava ansioso para voltar a ter uma vida normal.

“A minha família sempre seguiu com muita fé. Foi desafiador, muita luta, mas também muita esperança que aqui tinha sido o lugar que Deus tinha escolhido e preparado para minha vitória, e a vitória de todos que torceram e oraram pela minha recuperação”, declarou.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
128