DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Brasileiro deixa investidores no prejuízo

Por: Letícia Kfuri.

O brasileiro Antônio Falcão, conhecido na comunidade brasileira como um promissor empresário dos ramos de transportes, real state e de investimentos, está sendo denunciado por fraude, depois de ter viajado para o Brasil sem dar qualquer satisfação a mais de uma dezena de pessoas que entregaram a ele quantias elevadas de dinheiro a fim de que fossem investidas. O valor total seria de $2,5 milhões.

A seus “clientes”, de acordo com as denúncias, ele oferecia remuneração em torno de 6% ao mês. Em alguns casos, os juros, de fato, eram pagos, mas o valor principal investido, não era devolvido.

A denúncia foi apresentada formalmente à polícia de Broward pelo empresário Wanderlei Oliveira, proprietário do restaurante Oba-Oba, em Deerfield Beach. Segundo ele, Falcão foi apresentado por uma pessoa amiga, e logo tornou-se também seu amigo, passando a participar das atividades do restaurante. Em troca, Oliveira conta que o apresentava a pessoas interessadas em fazer investimentos.

– Ele tomou conta do restaurante para mim quando viajei, tinha até a chave, e todo mundo achava que ele era meu sócio. Quando fui para o Brasil ele pediu que minha esposa recebesse dinheiro para os investimentos, repassasse para ele, e fizesse os recibos. Quando percebi, ele já estava usando o meu nome, e agora as pessoas querem receber de mim o dinheiro que ele recolheu para investimentos – disse Oliveira que, embora considere não ter obrigação, afirma estar tentando conseguir $80 mil para restituir a 12 investidores.

O proprietário do restaurante Oba-Oba afirma também ter sido lesado em $50 mil. “Ele assinou cheques e promissórias como garantias. No meu caso eram promissórias, que eram para um investimento de seis meses, com juros de 5,6% ao mês, mas quando chegava o prazo de vencer, ele dizia para eu não mexer no dinheiro, para continuar investindo, pagava os juros e me enrolava para não resgatar o principal. Tem gente que nem os juros recebeu”, disse Oliveira.

Leia mais detalhes na edição impressa do Gazeta, que circula a partir desta terça-feira.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153