DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Brasileiro acusado de fraude de cartão na FL é preso por golpe em Trancoso (BA)

O brasileiro Leandro de Proença, 31 anos, foi preso em Trancoso, na Bahia, na última quarta-feira, 27, ao tentar pagar uma conta de mais de R$43 mil reais em uma pousada usando cartão de outra pessoa. Leandro foi preso junto com seu irmão gêmeo em Broward em abril de 2016 acusado de uso de cartão de débito falso.

Segundo o 8º Batalhão da Polícia Militar de Trancoso, uma denúncia anônima de que um grupo de estelionatários estaria hospedado em uma pousada no distrito de Trancoso levou as autoridades até o local. Funcionários desconfiaram de um grupo composto por 09 pessoas que estava hospedado na Pousada Bahia Bonita usando um cartão de crédito de uma pessoa sem autorização para pagar a conta.

O fato foi percebido pelos funcionários depois que um homem, identificado pelo nome de Leandro de Proença, efetuou o pagamento da quantia de R$ 43.200,00, proveniente do consumo de hospedagem, alimentos e bebidas, usando um cartão de crédito que não estava em seu nome. Questionado pelos funcionários, Leandro deu a desculpa de que o seu cartão de crédito teria ficado em outra pousada.

O grupo foi conduzido para averiguação e uma mulher identificada pelo nome de Bruna Cordeiro de Castro se apresentou como advogada, mas também não portava documentos que comprovassem a sua atuação como profissional da área de direito. Ainda foi encontrada uma outra mulher do grupo identificada pelo nome de Janaína Ferreira de Souza, uma carteira de identidade de uma pessoa identificada pelo nome de Flavia Regina Reinecke.

Luciano e Leandro Proença. Foto: Broward Sheriff Office.

Leandro de Proença foi identificado pela polícia brasileira como estelionatário internacional pelo caso da prisão em Broward no ano passado. Na época, Leandro, junto com o seu irmão gêmeo Luciano de Proença, foram presos por fraudes ocorridas em bancos no Brasil e nos Estados Unidos. Foi estipulada fiança para os dois responderem em liberdade.

A acusação dos irmãos gêmeos foi publicada pelo Gazeta News no ano passado. Luciano de Proença foi preso no dia 7 de abril em um caixa automático do Fifth Thrird Bank, em Miramar. Uma semana depois, seu irmão, Leandro, foi preso quando compareceu ao fórum de Broward para a audiência de Luciano.

O Gazeta News entrou em contato por telefone com o 8º Batalhão da Polícia Militar de Trancoso neste sábado, 31, e obteve a informação de que o caso está sob responsabilidade da Polícia Militar de Porto Seguro que por sua vez não atendeu às ligações.

Leia mais emgazetanews.com/gemeos-brasileiros-sao-acusados-de-fraude-usando-cartoes-de-banco-falsos/

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
226