DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Brasileira tenta suicídio em viatura policial em MA

Share

Foto: Departamento de Polícia de Tisbury.

Um incidente envolvendo uma mulher, segundo o Departamento de Polícia de Tisbury em Vineyard Haven (MA), uma brasileira de 41 anos, que ainda não teve o nome revelado pelas autoridades e tentou suicídio dentro da viatura policial está sob investigação.

De acordo com autoridades da cidade e registros judiciais, o oficial Mark Santon, de 54 anos, que estava conduzindo a brasileira foi colocado sob licença administrativa remunerada e vai enfrentar uma audiência disciplinar, conforme informado pelo departamento na última quinta-feira, 11.

A brasileira havia sido presa e acusada de dirigir sem carteira de motorista e de não ter cuidado ao dar marcha ré. Ela teria se envolvido em um acidente perto do terminal da Steamship Authority na Water Street, de acordo com o relatório. O policial emitiu então uma citação de emergência para ela.

De acordo com registros da corte, que incluem um relatório policial escrito pelo oficial Santon, ele estava levando uma brasileira de 41 anos para a Dukes County Jail, quando, após alguns minutos na prisão conversando com o delegado enquanto a mulher aguardava sozinha dentro do carro, a mesma supostamente conseguiu se soltar de uma das algemas e tentou se sufocar com o cordão da própria blusa.

Ao voltar para o carro, o oficial “observou então que um cordão da blusa que ela estava usando estava firmemente enrolado em seu pescoço duas vezes, e amarrado com um nó e ela estava caída para a direita com o torso quase todo do lado de fora do carro, preso somente pelo cinto de segurança”, diz o relatório. A mulher estava desacordada e não tinha pulso.

O relatório da polícia não precisou o tempo que o oficial a deixou sozinha na parte de trás da viatura. Ele descreve que outro policial entrou na sala de reserva “em poucos minutos”, tempo em que voltou para seu carro com o outro policial para conduzir a mulher.

Conforme o relatório, o policial cortou o cordão com uma faca, chamou os serviços médicos de emergência e iniciou o procedimento de ressuscitação. A mulher foi retomando a respiração e o pulso foi detectado. Foi feita massagem cardíaca e, segundo as autoridades, ela passa bem.

Conforme procedimento padrão do departamento, o policial ficará sob licença remunerada por aproximadamente 10 semanas enquanto a polícia conduz a investigação.

Com informações do MV Times.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,,,

Gazeta News
Gazeta News
210